09/08/2022 às 23h18min - Atualizada em 09/08/2022 às 23h18min

Corinthians não consegue 'milagre' e é eliminado da Libertadores

Flamengo vence de novo e espera para saber qual será o seu adversário argentino na semifinal

Paulo Octávio - labdicasjornalismo.com
Pedro, decisivo, celebra o seu gol. Foto reprodução: Alexandre Durão/Globo Esporte

O Corinthians está fora da Libertadores. Com a derrota por 1 a 0, gol de Pedro, o time paulista não superou a desvantagem de dois gols, o que nunca conseguiu no torneio continental. Agora a equipe volta suas atenções para os campeonatos nacionais e terá dois jogos difíceis pela frente. No sábado, pega o líder Palmeiras pelo Brasileirão e pode diminuir a diferença para o Alviverde de seis para três pontos. E na quarta tem a missão de superar outra derrota por 2 a 0, dessa vez contra o Atlético GO, na Copa do Brasil

Resultado frusta o torcedor que esperava uma final do torneio sul-americano contra o Palmeiras após uma boa campanha nos mata-matas. Antes tinha superado Santos e Boca, mas parou no Fla e no Atlético. Se passar pelo Dragão se recupera e conseguirá uma nova chance de pegar o Rubro-negro na final do torneio nacional. Se não pode conviver com uma crise. 

O Mengo está classificado para as semifinais. Time agora espera o vencedor de Talleres e Veléz para saber o seu adversário no último obstáculo antes da decisão continental. E ainda leva 10 milhões de reais de premiação. 

Desde a chegada do técnico Dorival Junior, o clube carioca conseguiu recuperar seu futebol e mesmo sem ser aquele goleador de 2019 é uma equipe eficiente. Resultado mantem a possibilidade da conquista da tríplice coroa. Porém para seguir vivo nessa jornada terá que superar o Athletico Paranaense duas vezes. No domingo, pelo Brasileirão, e na quarta, pela Copa do Brasil. 

1º TEMPO 

Primeira boa chance foi do Flamengo. Logo aos dois minutos, Everton Ribeiro cruzou na área e Pedro tentou uma bicicleta bonita e errou o alvo. Na sequência, o time mandante continuou com mais posse de bola e cercou a área adversária enquanto Alvinegro optou por marcar bastante principalmente a saída de bola e a trinca ofensiva e buscar  um contra-ataque.  

Quase deu certo aos dez quando Yuri Alberto ficou de frente com goleiro Santos, porém perdeu o tempo da bola e a zaga afastou. Timão conseguiu se soltar. Adson tomou de Thiago Maia e tentou por cobertura e Santos conseguiu a defesa. Depois, Fausto Vera tentou de primeira só que perdeu a chance. 

Fla conseguiu criar uma boa chance aos 16. David Luiz acionou Rodinei, que cruzou para Everton Ribeiro, mas ele cabeceou mal.  A última grande oportunidade aconteceu aos 35 quando Gabigol tentou da entrada da grande área. Depois, jogo ficou equilibrado com poucas chances claras de gol.  

2º TEMPO 

Na busca por um passe melhor e arremate de fora, Renato Augusto entrou no lugar de Fausto Vera. E no começo da fase final, em duas vezes, Timão arriscou da entrada da área com Willian e Du Queiroz

Mesmo com a pressão corinthiana, o Fla conseguiu seu gol. Aos seis minutos, Arrascaeta escapou do Fagner, avançou pela direita e fez o cruzamento, Pedro se antecipou a ele e empurrou a bola para rede. Mengão se soltou e mais uma vez Arrascaeta fez boa jogada. Dessa vez serviu Gabigol que parou nas mãos do Cássio. 

Time carioca passou a ter mais posse e ser mais incisivo após o clube paulista se abrir e quase David Luiz ampliou de cabeça após uma falta.  

Aos 20, Bruno Méndez pos a mão na bola na entrada da área e após revisão do VAR foi expulso. Por isso, Vitor Pereira tirou atacante Adson e colocou o zagueiro Balbuena. 

Depois, aos 28, Raul Gustavo tentou dar de calcanhar e perdeu para Thiago Maia, que cruzou para Gabi. Ele tentou por duas vezes: na primeira Cássio buscou e depois Balbuena fez o corte. Posteriormente Gabi de novo bateu forte na grande área e o goleiro corinthiano espalmou. Com a vantagem, Flamengo só administrou e depois o tempo passar.

PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Equipes voltam as suas atenções para o Campeonato Brasileiro e terão jogos complicados. O Timão pega o Palmeiras, em Itaquera, no sábado, às 19h. Já o Flamengo faz a "pré-estreia” da decisão na Copa do Brasil com o Athletico Paranaense, no domingo, às 16h, no Maracanã 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »