22/09/2022 às 10h19min - Atualizada em 22/09/2022 às 09h45min

Cruzeiro goleia Vasco no Mineirão lotado e confirma volta a Série A

Depois de três anos, Raposa dá fim ao seu maior pesadelo; Vasco seca Londrina antes do confronto direto contra o Tubarão

Ian Sousa - labdicasjornalismo.com
Voltei: Torcida comemora nas arquibancadas. Foto: Divulgação/ Instagram/ Cruzeiro

Em clima de festa e com direito a balada promovida pelo filho do Ronaldo antes do jogo, o Cruzeiro venceu o Vasco no Mineirão por 3x0 e enfim confirmou o acesso para primeira divisão. Os gols da partida foram marcados por Felipe Machado, Edu e Luvannor. O resultado garantiu a Raposa o acesso com sete rodadas de antecedência, o mais rápido da história da Série B. Em 2006 o campeonato passou a ter o formato de pontos corridos. Equipe chegou aos 68 pontos e não sai mais do G4.

O Cruzeiro volta a elite do futebol nacional após três anos e com uma campanha espetacular. Caso vença as duas proximas rodadas se tornará o campeão mais precoce da Série B. Anteriormente, o campeão mais rápido foi o Corinthians, que confirmou a conquista na 34ª rodada, em 2008.

Agora, Cruzeiro mineiro corre atrás de feitos históricos. Para conseguir o melhor aproveitamento da história precisa ganhar 18 pontos dos últimos 21 para superar o Timão, que conseguiu 85 pontos e 74,5 % de aproveitamento.
Mineiros têm hoje aproveitamento de 73,1%, e apenas três derrotas em 31 jogos na competição.

E se bater CSA, Guarani e Ituano vai terminar o torneio com triunfos sobre todos os 19 rivais. Caso vença seus dois próximos jogos e o Bahia tropece contra Operário, Chapecoense ou Novorizontino -- Tricolor tem jogo a menos a ser disputado neste sábado (24), Cruzeiro será o campeão mas precoce da série B.

Já o Vasco perdeu a sétima partida seguida fora de casa na competição, ao menos segue na quarta posição. Agora fará um jogo decisivo contra o quinto colocado, Londrina, na próxima quinta (28). Se o Tubarão vencer a Ponte Preta nesta sexta (23), cariocas e paranaenses chegam para o confronto empatados com 48 pontos.

 

1º TEMPO

 

O início da partida foi equilibrado. O Vasco conseguiu impor dificuldade ao Cruzeiro, no entanto, a partir dos 20 minutos, a Raposa dominou o meio campo e passou a comandar as ações. Aos 24 minutos, Eguinaldo falha na saída de bola, e Felipe Machado chuta de fora da área para abrir o placar.

 

Com a vantagem, o time mineiro não baixou o ritmo e continuou a criar chances. Em bela cobrança de falta, Bruno Rodrigues acertou a trave, mas o primeiro tempo terminou mesmo com o placar mínimo e festa da torcida da Raposa nas arquibancadas.

 

2° TEMPO 

 

Segundo tempo seguiu a tônica do primeiro. Cruzeiro seguiu com domínio total das ações, e o Cruzmaltino sofreu com dificuldades na criação das jogadas e não deu trabalho trabalho ao goleiro Rafael Cabral

 

O segundo gol saiu aos 14 minutos. Bruno Rodrigues faz o lançamento, para Edu na área, o centroavante empurra a bola para o fundo do gol. 

 

Com 2 x 0, os dois times baixaram o ritmo, mas ainda deu tempo para sair mais um gol. Marquinhos Cipriano faz linda jogada pela esquerda, e serve Luvannor, para marcar; a bola desvia e tira qualquer chance de defesa do goleiro Thiago Rodrigues.

Foi o rito de despedida do maior pesadelo do Cruzeiro e a senha para festa de 59.024 torcedores presentes no Mineirão.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Vasco
volta a campo na próxima quinta (29). Clube vai enfrentar o Londrina em casa pela 32º rodada da Série B. Já o Cruzeiro visita a Ponte Preta na quarta-feira, (28), também pela 32º rodada da Série B.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »