11/07/2019 às 20h41min - Atualizada em 11/07/2019 às 20h41min

Sandman, série de histórias em quadrinhos dos anos 90, virará série na Netflix

Obra clássica de Neil Gaiman, finalmente irá para as telas

Emmyly Melo - Editado por Caroline Gonçalves
Reprodução/Vertigo
Escrita por Neil Gaiman e publicada pela Vertigo em 1989, Sandman, uma obra-prima multipremiada, será série na Netflix. A Netflix confirmou que Sandman será adaptado, mas por enquanto não há data prevista para o lançamento, inclusive Gaiman usou o Twitter para confirmar a parceria e dizer que vai ser onze episódios na primeira temporada e também assegurou que não será uma versão Netflix. “Estamos produzindo Sandman, não reinventando.” Disse Gaiman.

 Ao todo, são treze arcos que contam a história de Sandman, na adaptação a grande parte será baseada em “Prelúdios e noturnos”, que apresenta o senhor dos sonhos, que é responsável por todos os sonhos, sendo capturado, após tentativa sem sucesso de capturarem sua irmã, a Morte. O Mundo dos Sonhos fica abandonado e os sonhadores, desamparados. Após 75 anos preso, a história mostra Morpheus recuperando o sonhar e suas ferramentas. Porem Sandman ainda tem mais doze arcos, o que deixa na expectativa se terá mais temporadas a serem adaptadas.

 A série em quadrinhos originalmente publicados pela Vertigo, um dos selos mais renomados da DC, irá ser relançada sob o próprio selo da DC, pois a mesma acabou com o selo da Vertigo e outros selos da editora para uma reformulação da companhia. Agora as obras da Vertigo, serão relançadas pela DC Black Label, que é voltada para um publico adulto e outros novos selos voltados para faixas etárias especificas, como: DC Kids (8-12 anos) e DC (13 anos para cima).

Anunciada como a produção mais cara da DC, superou propostas de estúdios concorrentes e da própria Warner, a série terá Gaiman como produtor ao lado de David Goyer, de Batman Begins (2005), e Allan Heinberg, que assina o roteiro de Mulher-Maravilha (2017)  como o showrunner da série. Não é atoa que a série terá tanto gasto, levando em conta todos os efeitos especiais necessários, e um dos motivos da Netflix apostar tão grande assim é o fato de que Sandman foi a primeira HQ a chegar ao topo dos livros mais vendidos do The New York Times e faturou inúmeros prêmios, deixando claro o quão bom é essa obra.
Após o anúncio oficial, foi divulgada uma sinopse do seriado: "Uma rica mistura de mitos modernos e fantasia sombria em que ficção moderna, drama histórico e lendas estão perfeitamente interlaçadas, Sandman segue as pessoas e locais afetados por Morpheus, o Senhor dos Sonhos, enquanto ele conserta os cósmicos — e humanos — erros que fez durante sua vasta existência".
Gaiman, além de Sandman, tem várias obras adaptadas para a TV, como: Lúcifer, Good Omens e American Gods. Uma curiosidade, é que em Sandman nas suas histórias, tem a aparições de vários outros personagens, como por exemplo Lúcifer. Um detalhe que fica para quem leu as HQs é que assim como na sua série, Lúcifer, deixa o inferno para abrir um piano-bar na terra, por conta de sua batalha contra Sandman.

REFERÊNCIAS:

 
OBSERVATÓRIO DO CINEMA. DC acaba com o selo Vertigo, de Sandman, Preacher e Lucife.
Disponível em:<https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/quadrinhos/2019/06/dc-acaba-com-o-selo-vertigo-de-sandman-preacher-e-lucifer >. Acesso em:  9 de julho de 2019.

TECH MUNDO.  Sandman da Netflix será baseado em “Prelúdios e Noturnos” com 11 episódios. 
Disponível em: <
https://www.tecmundo.com.br/cultura-geek/143293-sandman-netflix-baseado-preludios-noturnos-11-episodios.htm>. Acesso em: 9 de julho de 2019.

GAUCHAZH, "Sandman": Netflix confirma série e divulga sinopse.
Disponível em: <
https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/tv/noticia/2019/07/sandman-netflix-confirma-serie-e-divulga-sinopse-cjxnbcdzz054s01o9tikukder.html>. Acesso em: 9 de julho de 2019.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »