30/07/2019 às 13h44min - Atualizada em 30/07/2019 às 13h44min

eSports: competições on-line são sucesso na Game XP

Evento realizado na semana passada, no Rio de Janeiro, reuniu competidores nas mais variadas modalidades

Lucas Neves - Editado por Paulo Octávio
Os eSports marcaram presença na Game XP. Foto: Divulgação
Entre os dias 25 e 28 de Julho foi realizado a GameXP, um dos maiores eventos de games do Brasil. O Parque Olímpico, localizado na zona oeste carioca, se tornou uma grande arena para os apaixonados por jogos. O festival contou com shows, roda-gigante, pista de kart elétrico e as competições de eSports. Torneios de eFootball (PES 2020), por exemplo, foram narrados e comentados. Teve até  torcida, premiação e tudo o que os grandes eventos de esportes tradicionais podem proporcionar.

Ellery Souza, fundador da Escuderia Sul-Brasil de SimRacing, conversou com o Lab Dicas de Jornalismo sobre este universo que vem crescendo a cada dia e que aproxima cada vez mais os amantes de games do mundo dos esportes. A equipe de Ellery participa grandes torneios virtuais, como Fórmula Indy, Nascar, Copa Turismo Sudamericana, entre outras. Confira a entrevista na íntegra:

LAB DICAS: Ellery, conte um pouco sobre o nascimento da Escuderia. Como tudo começou?

ELLERY: A Escuderia Sul-Brasil surgiu em 2008. Eu e mais dois amigos corríamos em outra equipe e resolvemos sair para formar um time. Aí surgiu a ESB. Esses dois amigos acabaram parando de correr, outros entraram,  mas nunca deixamos de correr. A equipe não ficou um ano sequer sem disputar pelo menos um campeonato. Já passamos por diversos simuladores, diversos tipos carros e disputas, mas sempre competimos de alguma forma.


Escuderia Sul Brasil participou das 500 milhas de Indianápolis em 2019. Foto: Divulgação/Escuderia Sul Brasil

L.D: Quais são os requisitos mínimos para se tornar um piloto na Escuderia Sul-Brasil? Quem pode participar? Há alguma espécie de processo seletivo?

ELLERY: O requisito mínimo é que o piloto tenha um setup mínimo para participar das corridas. Setup  é composto de volante, pedais, um computador que rode o simulador e uma internet que permita uma conexão estável. Fora isso não fazemos nenhuma outra exigência. O que nós observamos são os resultados do piloto. Não precisa necessariamente ser o mais rápido, mas precisa ter uma boa conduta nas pistas e ter espírito de equipe.

L.D: Grandes marcas e eventos estão apostando nos eSports. Canais de TV já transmitem alguns torneios. Como você enxerga o futuro desta modalidade no Brasil?

ELLERY: Sim, os eSports estão crescendo muito. As grandes marcas, grandes nomes do esporte e do entretenimeto já descobriram que dá pra lucrar com essa nova onda. O Brasil  já tem gente se destacando em nível mundial, mas os olhos ainda estão mais voltados para MOBA (jogos que misturam elementos de ação e estratégia) e FPS (jogos de tiro em primeira pessoa). Mas acredito que com o tempo o SimRacing vai garantir seu espaço.

L.D: O que você acha que falta para o automobilismo se consolidar no mundo dos eSports e aparecer com mais força?

ELLERY: É um dilema, porque as corridas precisam se manter fiéis à vida real e ao mesmo tempo precisam ser dinâmicas, como partidas de CS ou Fortnite. Nos campeonatos que a ESB disputa, que são corridas que simulam a vida real, temos como público as mesmas pessoas são ligadas ao automobilismo. Precisamos achar uma forma de tornar o SimRacing atrativo pra quem gosta de jogos com partidas mais rápidas e frenéticas.

L.D: Quais são os planos da Escuderia Sul-Brasil para o futuro? Tem algum torneio que vocês almejam participar?

ELLERY: A curto prazo nossos planos  são de fortalecer o nosso lineup de corridas em circuitos mistos, já que por muito tempo focamos nas provas de Stock Car em pistas ovais. A médio e longo prazo, nosso desejo é ajudar a fortalecer o SimRacing e nos tornarmos referência pra quem quer conhecer essa modalidade no eSport. Nosso foco é colocar um piloto em um campeonato mundial do simulador que utilizamos hoje, que é o iRacing.

L.D: Qual é a importância dos eSports nos dias de hoje e qual impacto eles podem causar no mundo dos esportes futuramente?

ELLERY: O ser humano é um competidor desde antes de nascer. A disputa é o que move a vida. Os eSports são uma nova forma de disputa, que une pessoas no mundo inteiro. Hoje, com um celular, você pode desafiar alguém que esteja nos Estados Unidos ou na Europa. Pode desafiar instantaneamente alguém nos mais diversos tipos de disputas. Isso está criando uma nova forma de se relacionar, fazer amigos, negócios, arranjar emprego. Algumas vertentes defendem os eSports nas Olimpíadas, e eu acho que isso vai mesmo acontecer um dia. É um caminho sem volta. Todos nós fazemos parte de um novo ecossistema que está surgindo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »