12/08/2019 às 15h54min - Atualizada em 12/08/2019 às 15h54min

Economizar durante a viagem é possível

Saiba o que fazer para conseguir desfrutar melhor da sua viagem com dicas práticas de economia

Érica Aquino - Diego Araujo
Foto: Reprodução/Freepik
Fazer uma viagem incrível é um sonho de muitos. Quando finalmente esse sonho se realiza pode acontecer que algumas pessoas não consigam aproveitar ao máximo a sua estadia no seu paraíso por inúmeros motivos, um deles é o não planejamento financeiro de forma correta ou o bom planejamento acompanhado da falta de conhecimentos estratégicos de economia que resultam em pouco aproveitamento da viagem. Então, o que fazer para conseguir o máximo de experiências em ambas as situações?

Economizar, essa é a chave para o sucesso! Durante a viagem, economizar é uma alternativa de estratégia para conseguir desfrutar de mais programações e passeios, pois é bem verdade que a experiência da viagem é a mais valorosa para todos.

Pensando nisso, em conversa com o produtor audiovisual Brener Neves, (22), residente em Manaus, o jovem contou um pouco da experiência na sua ultima viagem pelo nordeste e solta dicas valiosas para economizar durante a viagem. Confira a Entrevista:

Você se preparou muito tempo pra viagem em relação a dinheiro?
“Toda vez que eu viajo eu sempre me preparo meses antes, junto dinheiro, quanto dá uber da hospedagem ao local e faço um balanço geral de gastos de transporte, alimentação e etc. Mas dessa vez, no Nordeste em específico, não me preparei pra quase nada. Deu a louca em mim e na minha namorada e decidimos nos aventurar. Só fui”

Teve alguma estratégia para economizar, durante a viagem, para que vocês conseguissem ter um proveito maior em relação aos passeios?
“Sim! Primeiramente alugamos apartamentos pelo app Airbnb, aonde você vai filtrando e encontra valores bem em conta. Outro ponto foram os restaurantes na beira da praia que são extremamente caros. Como nós já sabíamos disso nós compramos tudo de comida necessária para o tempo de estadia e fizemos nossa própria comida. Toda noite, antes de fazer um passeio, a gente fazia comida e colocava num pote. Quando era no outro dia levávamos a marmita pra praia e a gente comia. Fazendo isso em todos os passeios sobrou mais dinheiro pra ir aproveitar mais coisas.”

Houve economia em relação ao transporte?
“Ah, a gente pegava uber de vez em quando, mas tiveram momentos que jogamos no Google “como pegar ônibus de tal lugar pra tal lugar” e pegávamos ônibus. Procuramos pela forma mais barata. Inclusive, quando fomos pra Porto de Galinhas pesquisamos na internet como ir (sendo que tinha varias agências oferecendo o passeio caro), aí achamos um ônibus q você pega no ponto de ônibus normal com a passagem a R$ 16,75. Então economizamos muito mais do que indo aos passeio pelas agências.”

Botando em prática tais estratégias, você obteve quais resultados?
Fomos pra Fortaleza e Recife. No Ceará, fomos pra Praia de Lagoinha, Praia de Cumbuco, Praia de Canoa Quebrada, Jericoacoara, fizemos o passeio das falésias (onde tem as areias coloridas), na cidade de Morro Branco, fomos à Praia do Futuro, conhecemos o centro histórico, alguns museus e Av. Beira Mar à noite, que tem a feirinha de artesanato. Já em Recife, fomos ao shopping Recife, um dos maiores do Brasil, conhecemos a Praia de Boa Viagem e mais algumas que não lembro o nome, fomos no centro histórico, onde tem o Marco Zero, os prédios antigos, museus relacionados ao frevo, ao maracatu, ao Luiz Gonzaga e etc. Lá também conhecemos o Museu das Esculturas, que você paga 5 reais pra e ir e voltar de barquinho, pois fica do outro lado do Marco Zero, passamos 1 dia em Olinda (você paga 28,00 de uber ida e volta) e fomos para Porto de Galinhas, a 2h da capital. No outro dia fomos pra Maragogi, em Alagoas, que fica a 2h e meia de Recife, pagando uns 60,00, e lá conhecemos as piscinas naturais. Além disso, quando estávamos em Recife vimos que João Pessoa (Paraíba) era a 2h de lá, aí achamos um bate e volta por 90,00 e metemos a cara só pra dizer que a gente conheceu a Paraíba também.

Uma declaração sobre a viagem.
“Foi uma viagem incrível, voltamos de lá com lembranças maravilhosas. Eu indico muito e acredito que todo brasileiro deveria conhecer o Nordeste, porque lá parece outro país de tão diferentes que as coisas são.”

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »