14/08/2019 às 20h12min - Atualizada em 14/08/2019 às 20h12min

Natação brasileira comemora campanha histórica nos Jogos Pan-Americanos 2019

Atletas superaram expectativas, quebraram marcas e estão confiantes para as Olímpiadas

Amanda Mendes - Editado por Paulo Octávio
Natação festeja desempenho no Pan em Lima. Foto: Wander Roberto/ COB
Uma das modalidades que o Brasil mais se destacou nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 foi a Natação. O esporte encerrou sua participação na competição com a melhor campanha na história da competição.  Foram 30 medalhas, sendo dez ouros, nove pratas e 11 bronzes. Dos 34 nadadores da delegação, 31 voltaram para casa com ao menos uma medalha.

Entre os triunfos estão os ouros de Guilherme Costa, nos 1.500 metros; Etiene Medeiros e Bruno Fratus, nos 50 metros livre. Fratus também conquistou o revezamento masculino no 4x200 livre com Luiz Altamir, Fernando Sheffer, João de Lucca e Breno Correia. Além disso, a natação brasileira ganhou prata nos 4x100 medley masculino com João Gomes Jr, Guilherme Guido, Vinicius Lanza e Marcelo Chierighini. E o quarteto feminino dos 4x100 medley conquistou o bronze com Etiene Medeiros, Jhennifer Conceição, Giovanna Diamante e Larissa Oliveira, com tempo de 4min04s96. 
 “A gente conseguiu ajudar muito o Brasil no quadro de geral de medalhas. Estavamos cansados por causa do último Mundial, que foi bem forte e cansativo para todo o grupo. Chegamos aqui de coração aberto para lutar por um resultado expressivo” disse de Lucca para o site Rede do Esporte do Governo Federal. 

Caio Pumputis(2min00s12) e Leonardo Santos (2min00s29) conquistaram, respectivamente, prata e bronze nos 200 m medley. Guilherme Costa, com tempo de 15min09s93 nos 1.500 m livre, tornou-se campeão da prova e atingiu dois feitos de uma só vez: o 53º ouro do Brasil no Pan -- superou o recorde dos 52 no Rio 2007 -- e o primeiro ouro na categoria nos últimos 68 anos. Somente na primeira edição dos jogos, em 1951, com Tetsuo Okamoto, que o país havia chegado ao lugar mais alto do pódio nos 1.500 metros. No revezamento 4x100 m masculino, Guilherme Guido, João Gomes, Vinícius Lanza e Marcelo Chierighini fizeram tempo de 3min30seg98 e ficaram com a medalha de prata. Só o time dos Estados Unidos(3min30seg25) esteve a frente dos brasileiros.

Apesar do bom desempenho em Lima, há alguns pontos que pedem atenção. Os rivais, EUA e Canadá não vieram com seus melhores nadadores. Já o Brasil contou com seu time completo e ganhou espaço. E o cansaço após o Mundial impediu um melhor resultado. Os próprios atletas afirmaram que os títulos não garantem pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem.

Veja abaixo a tabela com os números do Brasil em campanhas da natação em Jogos Pan-Americanos
    Pan  Ouro Prata Bronze Total
Rio 2007  10 6 8 24
Guadalajara 2011  10 8 6 24
Toronto 2015  10 6 10 26
Lima 2019  10 9 11 30

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »