20/08/2019 às 19h46min - Atualizada em 20/08/2019 às 19h46min

Virando a chave: Grêmio e Palmeiras medem forças para seguir na Libertadores

Será o segundo de três jogos entre as duas equipes em um período de dez dias

João Felipe Carvalho - Editado por Paulo Octávio
Quatro dias depois, Grêmio e Palmeiras se reencontraram. Foto: Divulgação

Grêmio e Palmeiras abrem, nesta terça-feira (20), a disputa pela vaga nas semifinais da Copa Libertadores. Será o segundo confronto entre as duas equipes em um período de quatro dias, visto que as equipes mediram forças no sábado (17), pelo Brasileirão e empataram em 1 x 1. Como teve pior campanha que o alviverde na fase de grupos, o jogo de ida será na Arena do Grêmio, às 21h30, com a volta a ser realizada na semana seguinte (27), na Arena Palmeiras, no mesmo horário.

GRÊMIO X PALMEIRAS

O tricolor realizou dois treinos fechados para a imprensa após o empate de sábado. Sem desfalques na equipe considerada titular, os comandados de Renato Gaúcho chegam ao confronto após poupar a equipe de hoje da partida pelo Brasileirão. Apenas o lateral Cortez esteve em campo, em razão da suspensão do também lateral Juninho Capixaba. O atacante Luciano, que estava emprestado pelo Leganés-ESP ao Fluminense, foi inscrito na competição e está apto para jogar. Porém, deve começar no banco de reservas.

Um bom resultado seria não tomar gol. Claro que a gente tem que fazer gol, mas o mais importante neste jogo vai ser não tomar, tem o gol qualificado, é diferente da Copa do Brasil. Temos que prestar muita atenção, se não tomarmos gol e ganhar de 1 a 0 é um grande resultado. Assim lá vão ter que sair, se fizermos um gol lá daí complica mais ainda. O mais importante é não tomar gol – resumiu o atacante André, em entrevista coletiva após o último treino.

O tricolor gaúcho chega às quartas de final da competição após conseguir a segunda colocação do grupo H, com 10 pontos, atrás do Libertad-PAR. Nas oitavas, voltou a enfrentar a equipe paraguaia e conquistou a classificação com duas vitórias (2 x 0 em Porto Alegre e 3 x 0 em Assunção). Porém, a situação é diferente no Brasileirão, onde a equipe ocupa apenas a 13° posição, com 18 pontos em 15 jogos. Na Copa do Brasil, pode perder por até um gol de diferença na partida de volta das semifinais, no dia 04 de Setembro, contra o Athletico.

Provável escalação do Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton; André. Técnico: Renato Gaúcho.

 

Em razão de divergências com a equipe do Internacional, após o duelo entre eles na Copa do Brasil, o Palmeiras não pôde utilizar as instalações do Colorado para treinar. Por isso, realizou suas atividades no Complexo Esportivo da PUC-RS. O alviverde também mandou uma equipe mista a campo no jogo de sábado. Porém, utilizou mais titulares do que Grêmio (o goleiro Weverton, o zagueiro Gustavo Gómez e o atacante Dudu estavam em campo). O lateral Mayke, que realizou cirurgia no adutor, e o zagueiro Victor Hugo, com lesão no abdômen, estão fora da relação do Verdão. Porém, como fazem parte da equipe reserva, dificilmente afetam a escalação de Felipão. E Jean foi convocado para a vaga do lateral no banco de reservas,.

O Palmeiras passou pela fase de grupos na primeira posição do Grupo F, com 15 pontos e a melhor campanha desse turno, fator que concede à equipe a chance de decidir todos confrontos em casa até a semifinal (final será disputada em jogo único). Nas oitavas, superou o Godoy Cruz-ARG, após empatar em 2 x 2, em Mendoza, e vencer por 4 x 0, em São Paulo. No Brasileirão, a equipe chegou a liderar o campeonato, mas caiu de produção no após a Copa América e está há seis partidas sem vencer na competição. Agora, ocupa o terceiro lugar, com 30 pontos, atrás de Santos e Flamengo.

Provável escalação do Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Willian, Dudu e Luiz Adriano. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Em 94 jogos disputados entre Grêmio e Palmeiras, a equipe paulista leva vantagem, com 40 vitórias, 19 triunfos do tricolor gaúcho e 35 empates. Ao considerar apenas as partidas realizadas na Arena do Grêmio, palco da partida de hoje, nota-se um equilíbrio, com duas vitórias para cada lado e dois empates. Pela Libertadores, Palmeiras e Grêmio já mediram forças na fase de mata-mata da edição de 1995. No jogo de ida, o Grêmio goleou o Palmeiras por 5 a 0 e avançou pelo gol marcado na derrota por 5 a 1 na partida de volta.

Patrício Lostau, da Argentina, apita o jogo, auxiliado pelos também argentinos Juan Belatti e Diego Bonfa. Mauro Vigiliano cumprirá funções na assistência de vídeo e completa a equipe.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »