03/09/2019 às 12h25min - Atualizada em 03/09/2019 às 12h25min

Federação mineira e clubes confirmam a realização do campeonato estadual feminino

Início está previsto para 28 de setembro; torneiro chegou a ser colocado em xeque

Izabela Avelar - Editado por Paulo Octávio
Reprodução: Vinnicius Silva / Cruzeiro

O entrave envolvendo a realização do Campeonato Mineiro Feminino teve um desfecho favorável. Isto porque a Federação Mineira de Futebol (FMF) e representantes de clubes do estado acertaram os detalhes para a realização do torneio. Resolução do caso aconteceu no conselho arbitral realizado na tarde desta segunda-feira. A competição terá início no dia 28 de setembro e a grande decisão será em jogo único com data prevista para 30 de novembro. Ao todo sete equipes confirmaram a participação no campeonato, são eles: América, Atlético, Cruzeiro, Ipatinga, Futgol, Valadares e Minas Boca. Apenas o América de Teófilo Otoni não deu certeza sobre sua presença no torneio. Para o formato da disputa ficou decidido que os time se enfrentarão em turno único com seis rodadas, os quatro melhores colocado vão para as semifinais. 

Um imbróglio envolvendo as equipes e a federação mineira por pouco não prejudicou a realização do Mineiro 2019. Durante as negociações, a FMF cobrou dos clubes taxas referentes à arbitragem e ao quadro móvel da entidade, o que nunca aconteceu e que a princípio não agradou os participantes. Entretanto, ao analisar a importância da realização do evento para o desenvolvimento da categoria em Minas Gerais, os clubes aceitaram arcar com as cobranças a fim de viabilizar a competição. A edição deste ano do Estadual dá vaga para a Série A2 do Brasileirão feminino da próxima temporada.

Até o momento o palco da finalíssima não tem um local definido. Na reunião do conselho arbitral, os clubes foram avisados que, no mesmo dia da final, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realizará um evento em Belo Horizonte voltado para o futebol feminino. Por esse motivo a final está prevista para novembro. A expectativa é que a FMF consiga levar a partida para um estádio de renome, como o Mineirão ou a Arena Independência.


Representantes das equipes habilitadas a disputa na reunião do conselho técnico do Campeonato Mineiro Feminino - Foto/Reprodução - FMF)

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »