19/09/2019 às 15h46min - Atualizada em 19/09/2019 às 15h46min

Rei Pelé pode virar Rainha Marta: Assembleia de Alagoas aprova mudança do nome do estádio

Amanda Mendes - Editado por Paulo Octávio
Marta acompanhando jogo do CSA no Rei Pelé. Foto: João Alvim/ GloboEsporte.com
A Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas aprovou, na última quinta (12), a mudança no nome do estádio Rei Pelé para Rainha Marta. Dos 24 deputados que estiveram presentes apenas oito votaram contra. A proposta do deputado Antônio Albuquerque (PTB) foi enviada para o Governador, Renan Filho (MDB), que ainda não decidiu se será aprova ou  se veta a modificação no nome. De acordo com o site Globo Esporte, a assessoria do governo afirmou que por enquanto ele não irá se pronunciar sobre o caso. O deputado Sílvio Camelo (PV) apresentou uma emenda ao projeto a fim de que o principal estádio de Maceió passe a ser chamado pelos dois nomes: Rei Pelé e Rainha Marta.

O assunto gera polêmica e divide opiniões. Alguns são a favor e argumentam que seria uma justa homenagem, já que a craque Marta é alagoana, nascida em Dois Riachos cidade a 191 km de Maceió. Os torcedores se sentem bem representados pois a atacante frequenta o estádio sempre que está no estado e assiste os jogos do time de coração. O ex-jogador alagoano Souza, que teve passagem por São Paulo e CSA, defende e apoia a mudança do nome. “Ela é uma representante da nossa Alagoas. Vivemos em um mundo tão machista. Você pegar um esporte que também é machista e tirar o nome de um grande jogador de futebol e colocar o de uma mulher também grande é muito bom”, disse ao site Globo Esporte.

O estádio Rei Pelé foi inaugurado em outubro de 1970, logo após a conquista do tricampeonato mundial. Foi uma forma de homenagem que o governador da época conseguiu ao jogador. Pelé esteve na inauguração e retornou a Alagoas, em junho de 2010, para participar da reinauguração depois da reforma. A alteração no nome não vem de agora. Em 2008, o deputado estadual Timóteo Correia já tinha apresentado uma proposta com projeto de lei para a mudança, mas a solicitação foi negada. “O nome Rei Pelé se deve a uma euforia do governador da época em homenagear o jogador. Mas foi tudo feito á revelia. Não preciso conversar com a Marta para saber que vai gostar do que estou pleiteando na Assembleia”, afirmou Correia ao portal ESPN
O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) rejeitou a solicitação na mudança no nome do estádio em 2008: “Vejo como algo deselegante com o maior atleta da história”, declarou ao portal Gaucha EsportesSe a mudança acontecer, Marta se tornará a primeira jogadora de futebol do Brasil a ser homenageada com um estádio em seu nome.  

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »