17/11/2019 às 19h38min - Atualizada em 17/11/2019 às 19h38min

Borja desencanta, mas Palmeiras fica no empate com Bahia

Se o Verdão não vencer o Grêmio, Flamengo confirma o título mesmo sem jogar; Tricolor chega ao sétimo jogo sem vitória

Paulo Octávio - Editado por Amanda Cruz
Mano Menezes não gostou do gol de falta do Bahia quando a barreira abriu. Foto: Cesar Greco/AG. Palmeiras
A chama da esperança do Palmeiras pelo título praticamente se apagou. Com o empate em 1 a 1 com o Bahia, o Verdão ganhará o Brasileirão só se vencer seus próximos cinco jogos e se o Flamengo perder seus próximos quatro. A diferença do Mengão para o vice-líder é de 13 pontos -- clube carioca tem um jogo a mais. Caso o Alviverde não vença o Grêmio, no próximo domingo (24), o Flamengo já confirma o título matematicamente. O resultado também foi ruim para o Tricolor, que ainda sonha com Libertadores. O clube acumula a sétima partida sem vitória. E está com 44 pontos em 9º lugar, a seis do Internacional, que hoje teria vaga na pré.

1º TEMPO

Jogo começou equilibrado e ambas equipes procuraram furar as defesas em cruzamentos. Aos 3, Arhur Caike recebeu de Élber e cabeceou para defesa de Weverton. Élber foi destaque do jogo. Ele fez linda jogada e serviu Arthur, que acionou João Pedro. Mais uma vez o arqueiro palmeirense evitou o gol. No lance seguinte, o Palmeiras tentou responder. Dudu bateu da entrada da área para intervenção de Douglas. Aos 14, Élber deixou Gilberto cara a cara com Weverton, que arrojado, salvou o Verdão. Sem criatividade, o Alviverde tentou mais uma vez de fora da área com Scarpa. O jogo esfriou, mas Élber queria decidir. Mesmo puxado por Vitor Hugo, ele seguiu na jogada ficou cara a cara com goleio, que fez outra boa defesa. E aos 46, Luan fez falta em Gilberto na entrada da área. Arthur bateu, a barreira abriu e a bola foi pro fundo da rede. 

2º TEMPO

Mano Menezes colocou Borja no lugar de Deyverson e Lucas Lima substituiu Scarpa. As mexidas deram certo e fizeram com que o Verdão tivesse mais velocidade. Aos 2, Lucas Lima acionou Borja, que girou e bateu para fora. O colombiano perderia outra chance aos seis após passe de Marcos Rocha. O lateral, aos 11, deu bom passe para Bruno Henrique, Thiago Santos desviou e Douglas pegou. Aos 13, Dudu arrancou, serviu Bruno Henrique, que na frente da marca penal, perdeu a chance. Dez minutos depois, Borja foi lançado, mas na hora do chute foi desarmado por Gregore. Era prenúncio do gol. Aos 25, Dudu deu passe longo para Lucas Lima, que matou no peito, e deixou  o colombiano na cara do gol. E dessa vez, ele não desperdiçou.

A partir daí foi um festival de gols perdidos. De Dudu, da entrada da área; Lucas Lima, da meia lua; e até Borja, de barriga, quase fez. Ele desviou chute do Dudu e obrigou Douglas a se esticar para evitar a virada. Nos minutos finais, Willian recebeu, parou e escolheu o canto. Entretanto, chutou por cima. E aos 48, após cobrança de lateral, que Marcos Rocha jogou na área, a zaga tirou, e Lucas Lima bateu forte para fora. Foi a última chance.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

As duas equipes voltam a campo no domingo (27). O Palmeiras encara o Grêmio, no Allianz Park, às 18h (horário de Brasília). E o Bahia pega o Goiás, às 16h (horário de Brasília), no Serra Dourada.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »