04/12/2019 às 13h47min - Atualizada em 04/12/2019 às 13h47min

Edição comemorativa do livro 1984 será lançada

A editora Companhia das Letras lançará uma edição especial de 70 anos do clássico literário.

Tainá Lima - Editado por Socorro Moura
Companhia das Letras
Censura, adoração à líderes políticos, ódio gratuito, controle das ações. Você pode pensar que estamos falando dos dias atuais mas, na verdade, esse texto é sobre o livro 1984 que ganhará uma edição especial comemorativa em dezembro deste ano.

O livro lançado no ano de 1949 se torna cada dia mais atual. Após uma guerra de escala mundial, as nações são dividas em três grandes potências: Eurásia, Lestásia e Oceania. O romance distópico conta a história do anti-herói Winston Smith, cidadão pacato da nem tão distante Londres localizada na Oceania pós-apocalíptica de 1984.

Winston é funcionário do governo no Ministério da Verdade, um dos quatro ministérios que governam o continente. Sua função é falsificar registros históricos, a fim de manipular o passado de acordo com os interesses do governante atual.

O Grande Irmão é o líder que governa a Oceania. Em um regime totalitarista, todos os cidadãos são controlados e vigiados para agirem de acordo com seus preceitos. Em todas as residências existem as chamadas teletelas, dispositivos que fiscalizam tudo que o cidadão faz em sua “privacidade”.

Considerado por muitos um livro profético, 1984 é um dos clássicos renomados da literatura mundial. A nova edição comemorativa que será lançada em dezembro pela editora Companhia das Letras, conta com apresentação do crítico literário Marcelo Pen e outros ensaios de especialistas que fazem uma análise desde o lançamento até os dias atuais.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »