25/02/2020 às 21h40min - Atualizada em 25/02/2020 às 21h40min

Bayern atropela Chelsea e coloca um pé nas quartas da Champions

Gnabry e Lewandowski comandam triunfo dos alemães e complicam os ingleses na competição

João Felipe Carvalho - Editado por Paulo Octávio
Serge Gnabry marcou duas vezes em três minutos e abriu caminho para a goleada (Foto: Eddie Keogh/Reuters)

Passeio alemão em Londres. Na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, o Bayern-ALE não tomou conhecimento do Chelsea-ING e colocou um pé nas quartas de final com a vitória por 3 x 0. Gnabry marcou duas vezes em três minutos e Lewandowski fechou a conta. Virtualmente eliminado, o time inglês ainda perdeu Jorginho e Marcos Alonso, suspensos, para o jogo de volta, no dia 18 de Março, em Munique.

PRIMEIRO TEMPO

O Chelsea repetiu a escalação da vitória por 2 x 1 sobre o Tottenham, no último sábado (22). Com três zagueiros, Frank Lampard entrou com a mentalidade de frear os quatro atacantes escalados por Dieter-Flick no time alemão. A primeira finalização foi antes do primeiro minuto. Davies rolou para Müller, que testou Caballero. Aos 6’, o chute de Mount saiu por cima do gol de Neuer. Dois minutos depois, o inglês apareceu novamente pelo lado direito, mas finalizou sem força. A resposta dos alemães foi dupla. Pavard cruzou forte para fora e Coman, em contra-ataque, errou o gol. Aos 14’, Caballero defendeu chute de Lewandowski.

Inofensivo, o Chelsea criava pouco e esbarrava na defesa do Bayern quando chegava ao ataque. Na chance que teve, a cabeçada de Giroud não deu trabalho para Neuer. Pela esquerda, Barkley errou o cruzamento e não achou Mount dentro da área. Em erro na saída de bola, aos 25’, Lewandowski saiu na cara de Caballero, que levou a melhor. Dois minutos depois, o duelo se repetiu e o goleiro impediu, com os pés, o gol do centroavante. Müller quase marcou após arriscar de fora da área. Neuer errou saída de bola, Mount cruzou e Giroud não alcançou. No contra-ataque, Müller, de cabeça, acertou o travessão de Caballero. Os Blues ainda chegaram em chute forte de Alonso que Neuer espalmou. Deu tempo também de Thiago tomar o primeiro cartão do jogo antes da ida para o vestiário.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final pôs fim a qualquer expectativa de triunfo do Chelsea. Neuer pegou chute cara a cara com Mount e o rebote de Barkley. Mas o árbitro marcou impedimento no lançamento. Aos 5’, a superioridade dos bávaros na partida foi convertida em gol. Gnabry lançou Lewandowski na esquerda, que devolveu para o meia abrir o placar. Mal deu tempo do Chelsea reagir ao gol sofrido e já teve que buscar outra bola na rede. Lewandowski apareceu novamente de garçom para Gnabry bater cruzado e ampliar. 2 x 0. Mesmo com a vantagem, o Bayern não tirou o pé do acelerador. Gnabry quase marcou o terceiro após receber de Müller. 

Com seu time na roda, Lampard se viu obrigado a mexer e tirou Giroud e Barkley para a entrada de Willian e Abraham, mas a equipe da casa ainda falhava na conclusão das poucas chances que tinha. O Bayern seguiu no controle da partida. Os alemães pediram toque de mão de Christensen dentro da área, mas o árbitro Clément Turpin ignorou. Aos 30’, Davies recebeu sem espaço pela esquerda e cruzou rasteiro para Lewandowski fechar a goleada. Antes do apito final, Alonso recebeu cartão amarelo após falta em Lewandowski, mas a intervenção do VAR resultou na expulsão direta do lateral.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

À espera de um milagre na competição continental, já que precisa marcar pelo menos três gols na Alemanha, o Chelsea volta suas atenções para o Campeonato Inglês. No sábado (29), o time visita o Bournemouth, às 12h (horário de Brasília). No mesmo dia, o Bayern também viaja para enfrentar o Hoffenheim, às 11h30 (horário de Brasília), pelo Campeonato Alemão.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »