05/05/2020 às 13h06min - Atualizada em 05/05/2020 às 13h06min

Academia muda regras para Oscar 2021

Premiação aceitará filmes lançados apenas em streaming

Júlia Victória - Editado por Bárbara Miranda
A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood mudou as regras de avaliação dos filmes para a cerimônia do Oscar de 2021. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os longas poderão ser transmitidos apenas pelas plataformas de streaming e concorrer nas categorias técnicas e artísticas.
 
Com a alteração das normas, a Academia derrubou uma das principais exigências do evento que determinava às produtoras, a transmissão dos filmes nos cinemas de Los Angeles por uma semana com até três sessões por dia.  Por conta da Covid-19, todas as salas foram fechadas por tempo indeterminado e as organizadoras das premiações tiveram que procurar saídas para que as próximas edições das cerimônias ocorram.

A medida é temporária, ou seja, a partir da reabertura dos cinemas, os filmes que forem lançados após a pandemia deverão cumprir as regras antigas. Apenas os longas que estreariam durante esses meses de quarentena poderão ser divulgados por serviços de streaming. Porém, as distribuidoras deverão seguir algumas obrigações como disponibilizar os filmes na Academy Screening Room, plataforma exclusiva dos jurados, os quais podem assistir às obras por 60 dias.
 
Outra diferença é que ao invés de 24 categorias serão 23. As indicações de Mixagem de som e Edição de som, foram combinadas em apenas uma categoria que premiará os profissionais de forma conjunta.

Na categoria de Melhor Filme Internacional, todos os membros da Academia poderão participar do início da seleção e escolher os candidatos. Em condições normais, um comitê específico redigia uma pré-lista de onde sairiam os nomeados.
 
O Oscar seguiu a decisão do Globo de Ouro em realizar a mudança e proporciona uma grande revolução na história da premiação, que já recebia filmes feitos em streaming, mas ainda exigia a sua divulgação nos cinemas tradicionais.
 
A data do evento permanece a mesma e a previsão é que a 93° edição do Oscar aconteça em 28 de fevereiro. Porém, a durabilidade dessa medida e a confirmação da data da entrega da estatueta poderão sofrer alterações com o avanço da pandemia do Covid-19 pelo mundo e nos EUA, os quais concentram o maior número de mortos no planeta.
 
Confira um trecho traduzido da nota oficial divulgada pela organização da Academia, na última terça-feira (28):
 
“O Conselho de Governadores da Academia aprovou regras e regulamentos de campanha para o 93º Academy Awards®.

A devastadora pandemia do COVID-19 forçou o fechamento de todos os cinemas do condado de Los Angeles a partir de segunda-feira, 16 de março de 2020. As regras atuais do Oscar (de acordo com a Regra Dois, Elegibilidade) exigem que um filme seja exibido em um cinema em Los Angeles Condado de Angeles, para uma corrida de qualificação teatral de pelo menos sete dias consecutivos, durante os quais as exibições de período devem ocorrer pelo menos três vezes ao dia. Até novo aviso, e apenas no ano da 93ª edição, os filmes que tiveram um lançamento teatral planejado anteriormente, mas que são disponibilizados inicialmente em um serviço comercial de streaming ou VOD, podem se qualificar nas categorias de Melhor Filme, entrada geral e especialidade da 93ª edição do Oscar, sob estas disposições:


O filme deve ser disponibilizado no site de streaming seguro somente para membros da Academy Screening Room no prazo de 60 dias após a transmissão do filme ou o lançamento do VOD;

O filme deve atender a todos os outros requisitos de elegibilidade.
 
Em uma data a ser determinada pela Academia, e quando os cinemas reabrirem de acordo com as diretrizes e critérios federais, estaduais e locais especificados, essa isenção de regras não será mais aplicada. Espera-se que todos os filmes lançados posteriormente cumpram os requisitos padrão de qualificação teatral da Academia.

“A Academia acredita firmemente que não há maneira melhor de experimentar a magia dos filmes do que vê-los em um cinema. Nosso compromisso com isso é inalterado e inabalável. No entanto, a pandemia historicamente trágica do COVID-19 exige essa exceção temporária às nossas regras de elegibilidade para prêmios. A Academia apoia nossos membros e colegas durante esse período de incerteza. Reconhecemos a importância de seu trabalho ser visto e comemorado, especialmente agora, quando o público aprecia filmes mais do que nunca”, disse o presidente da Academia, David Rubin, e o CEO, Dawn Hudson.”
 
REFERÊNCIAS
 
Oscar. For This Awards Year Only, Streamed Films To Be Eligible for Oscars®. Disponível em: .Acesso em 05 de maio de 2020.
 
DEARO, Guilherme. Com cinemas fechados, Oscar muda regras e vai permitir filmes do streaming. Disponível em:< https://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/com-cinemas-fechados-oscar-muda-regras-e-vai-permitir-filmes-do-streaming/>. Acesso em 05 de maio de 2020.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »