26/06/2020 às 17h00min - Atualizada em 26/06/2020 às 16h58min

Grupo InBrands nega rumores sobre negociações jurídicas para evitar falência

O grupo varejista de moda concentra marcas como o Ellus, Richards, Salinas, VR

Franciele Oliveira - Editado por Larissa Barros
Reprodução/ Google Street View

Após rumores sobre dificuldades financeiras por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o grupo varejista de moda, InBrands, negou que tenha feito negociações jurídicas para evitar falência durante quarentena. A informação foi divulgada pelo Jornal Opção, na última quarta-feira (17).

Segundo a reportagem, o grupo controlado pelo empresário Nelson Alvarenga, concentra marcas como o Ellus, Richards, Salinas, VR, e já tinha dívidas acumuladas. No entanto, elas aumentaram por causa do fechamento das lojas durante o período de suspensão das atividades comerciais. Somando então, cerca de R$ 500 milhões. 


Um levantamento divulgado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) apontou que 97% dos empresários do setor têxtil já sentem o impacto direto da crise financeira no processo produtivo. Destes, ao menos 88% registraram cancelamentos ou adiamentos dos pedidos, 28% contaram com alteração nos custos dos insumos e outros 41% tiveram o abastecimento de insumos afetados.




Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »