04/09/2020 às 16h58min - Atualizada em 04/09/2020 às 16h52min

Android e iOS 13.7 incorporam monitoramento de COVID-19

Coronavírus-SUS: aplicativo com Notificação de Exposição Expressa criado pelo Ministério da Saúde

Héricson Furtado - Editado por Manoel Paulo
Tecnoblog
Divulgação: Apple e Google
Na última terça-feira (1) a Apple lançou o iOS 13.7 para incluir o sistema Notificação Exposição Expressa, criado e desenvolvido em parceria com o Google, desta maneira não será possível criar um aplicativo separado, será possível fazer o rastreamento de contato da covid-19. Da mesma forma, a atualização deste novo recurso chegará para o Android em setembro a partir das versões 6.0 por meio do Play Services.

O Ministério da Saúde anunciou na última sexta-feira (31) que havia atualizado o aplicativo coronavírus-SUS que permite que o usuário saiba se teve contato com pessoas que já testaram positivo para a doença nos últimos 14 dias. Na prática, o cidadão com resultado positivo para covid-19 vai disponibilizar no aplicativo Coronavirus-SUS – de forma voluntária e anônima, a partir de um token (código de números) emitido pelo Ministério da Saúde – a validação do seu exame (PCR ou sorológico) positivo para a doença”, explica o ministério.

O rastreamento de contato (contact tracing) é um recurso desenvolvido com o objetivo de diminuir o número de casos de pessoas diagnosticas de covid-19, mas é opcional e voluntário. Para evitar informações falsas por meio do aplicativo o Ministério da Saúde fará um cruzamento entre o exame informado pela pessoa e os registros integrados da plataforma de vigilância (e-SUS Notifica) e da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

Essa informação é repassada de forma anônima para dispositivos próximos, compartilhada via Bluetooth e não coleta o local do usuário.  Se a interface do aplicativo detectar que você teve contato com uma pessoa que testou positivo, o aplicativo enviará uma notificação.

“A notificação vai alertar que se trata de uma medida de prevenção e que não necessariamente a pessoa terá a doença, mas que é preciso ficar atenta aos sintomas, como febre, tosse, dor de garganta e/ou coriza, com ou sem falta de ar, e reforçar as medidas de higiene”, diz o ministério.

A Apple e Google dizem que os estados americanos de Maryland, Nevada e Virgínia devem ser os primeiros a implementar a Notificação de Exposição Expressa (Exposure Notifications Express), assim como o Distrito de Colúmbia, onde fica a capital Washington.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »