11/12/2020 às 19h21min - Atualizada em 11/12/2020 às 19h04min

Beto Carrero anuncia passaporte gratuito à pessoas com deficiência

Declaração foi feita no último dia 3 - passaporte recebe nome de 'Kelly', em homenagem à filha de Beto

Melissa Costa - Alexandra Machado
Foto: JORNAL DO COMÉRCIO
O parque Beto Carrero, localizado em Santa Catarina, no sul do Brasil, anunciou, no último dia 3 de dezembro, o Passaporte Kelly, que garante o direito de gratuidade à pessoas com deficiência intelectual e múltipla, autismo, síndromes e doenças raras. O nome do passaporte foi escolhido como uma homenagem à filha mais nova de Beto, Kelly Murad, que tem uma síndrome rara.

A reserva do passaporte deve ser feita com antecedência à ida ao parque pelos canais de vendas, sendo: o site oficial, a central telefônica, número (47) 3261-2222 ou por WhatsApp (47) 99142-3989 além de agências credenciadas. Isso porque o acesso com o passaporte será limitado a 50 pessoas por dia e, se tardar a compra do ingresso para o dia do passeio, na bilheteria local, é possível que não haja mais disponibilidade. 

Para ter direito à entrada livre, será preciso apresentar, no ato da visitação, um documento de identificação com foto, carteirinha ou atestado que comprove a deficiência e o cartão Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social (BPC)

Todos os clientes que utilizarem o Passaporte Kelly serão indentificados com um adesivo, que será entregue no dia do passeio, na entrada (catracas) do parque. O objetivo da identificação é garantir que os assistidos tenham prioridade no atendimento, e dessa forma "garantir ainda mais diversão". Para o atendimento prioritário será necessário apresentar-se aos monitores de cada atração.

É preciso lembrar, 
no entanto, que o passaporte não dá direito a todas as atrações. Cada brinquedo possui regras próprias e é preciso verificar quais atrações são compátivies. Outra ressalva necessária, é de que as atrações pagas à parte também não estão inclusas no Passaporte Kelly. 

Cada pessoa atendida por esse passaporte especial tem direito a um acompanhante, que necessariamente deve conduzi-lo, sendo que este, possuirá o benefício do pagamento de meia entrada. O valor é válido para apenas um acompanhanete, assim, se o portador do Passaporte Kelly estiver acompanhado de duas ou mais pessoas, o restante pagará o valor integral do ingresso, desde que não se enquadre nas regras já comuns da meia entrada: estudantes e idosos, por exemplo.

O parque temático é um dos poucos grandes do mundo que possui essa modalidade de passaporte. Além de, recentemente, ter se tornado o primeiro do Brasil a possuir o selo "Empresa Amiga do Autista", da Incluir Treinamentos. Esse selo é conquistado quando a empresa capacita ao menos 75% dos seus funcionários ao atendimento à pessoas autistas. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »