18/12/2020 às 16h23min - Atualizada em 10/12/2020 às 01h20min

Inter perde nos pênaltis para o Boca na Bombonera e se despede da Libertadores

Mesmo com a vitória por 1 a 0 no tempo normal, Inter é eliminado pelo Boca

Stephanie Kaminski Baptista - editado por Stefany Cardoso
(Foto: Divulgação/Metrópole)

Internacional precisava de uma vitória inédita para avançar às quartas de final da Libertadores. Por ter perdido o jogo de ida das oitavas por 1 a 0, no Beira-Rio, o Inter teria que ganhar por um gol de diferença para garantir a classificação no tempo normal. A grande atuação do Colorado durante a partida garantiu a vitória por 1 a 0 em plena Bombonera, nesta quarta-feira (9), levando a esperança pela classificação aos pênaltis. Entretanto, o clube gaúcho é superado nas penalidades por 5 a 4 e deu adeus à Libertadores.

 

PRIMEIRO TEMPO

Com Rodrigo Lindoso, Praxedes e Marcos Guilherme, o Inter entrou no jogo com uma postura mais defensiva e fechando os espaços, tentando “sentir” mais segurança e confiança na partida antes de tomar conta dela. Aos 15 minutos, o Colorado já dominava o primeiro tempo do jogo e assumia uma postura agressiva, buscando o gol da classificação. O Boca, por outro lado, estava adormecido em campo, sofria com erros individuais e mal conseguia passar para o campo adversário.

O grande nome da partido foi o volante
Patrick, que estava em uma noite inspirada e levou perigo à defesa do Boca em muitas oportunidades. Em duas chances, o volante encontrou Thiago Galhardo e Praxedes livres dentro da área em duas jogadas individuais. O artilheiro Galhardo finalizou no travessão, e o garoto Praxedes teve seu chute defendido pelo goleiro Andrada.

 

SEGUNDO TEMPO

Logo no primeiro tempo, o Inter tinha explorado bastante o lado esquerdo do Boca e aproveitado as grandes chances para levar perigo ao adversário. E no segundo tempo não foi diferente. Aos 2 minutos, Patrick apareceu mais uma vez como referência e acionou Moisés dentro da área. O lateral cruzou rasteiro, e Fabra marcou contra. Após sofrer o gol, o time argentino acordou para o jogo e passou a buscar o gol. Tévez obrigou o goleiro Marcelo Lomba a fazer uma grande defesa após finalizar da entrada da área. No final da partida, Andrada saiu mal do gol, e a bola sobrou livre para Víctor Cuesta, que chutou para fora. Numa última tentativa, já nos acréscimos, Cardona chutou para fora. Apesar de tanto esforço dos dois lados, o jogo foi para os pênaltis.

 

Vaga nas penalidades

Marcelo Lomba deu sinais que seria o grande herói da noite: quase pegou a primeira cobrança, de Tévez, e defendeu a segunda, de Cardona. Mas Rodrigo Lindoso e Peglow, que entrou no segundo tempo, isolaram suas cobranças, e o Boca Juniors levou a melhor: vitória por 5 a 4 nas cobranças alternadas.

 

Estatísticas Boca Juniors x Internacional

Posse: 51% - 49%

Finalizações: 8 - 12

Finalizações no gol: 1 - 2

Grandes chances: 0 - 1

Passes certos: 314 (78%) - 290 (74%)

 

Próximos compromissos

Elimanado, o Inter passa a focar no Brasileirão e encara o Botafogo pela 25ª rodada da competição, no próximo sábado, às 19h, no Beira-Rio. O Boca enfrenta o Racing pelas quartas de final da Libertadores. O jogo de ida será em Avellaneda, ainda sem data marcada.

 

Boca segue intacto em La Bombonera

O tabu continua, e o clube segue sem nunca ter sido eliminado na Bombonera após vencer o jogo de ida de mata-mata da Libertadores.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »