14/01/2021 às 14h46min - Atualizada em 14/01/2021 às 14h37min

"Mulher Maravilha 1984" é o líder em bilheteria no mundo

Mesmo com a pandemia , o filme estrelado por Gal Gadot arrecadou 131 milhões de dólares

Júlia Victória - Editado por Bárbara Miranda

“Mulher Maravilha 1984” arrecada mais de 131 milhões de dólares e permanece pela terceira semana seguida no topo das maiores bilheterias do mundo. Sendo um dos poucos filmes lançados durante a pandemia, não encontrou grandes concorrentes.A estreia oficial do longa ocorreu dia 25 de dezembro, com transmissão simultânea nos cinemas e no serviço de streaming da HBO, nos EUA.

Entre os dias 8 e 10 de janeiro, a sequência atingiu a marca de 3 milhões de dólares nos Estados Unidos e no Canadá, totalizando US$ 32,6 milhões. Internacionalmente, o desempenho foi 98,8 milhões de dólares no total. No Brasil, teve seu lançamento em 17 de dezembro e arrecadou até agora 15 milhões de reais.

Com esses resultados, “Mulher Maravilha 1984” se tornou a maior estreia nesta era da pandemia. Apesar disso, não atingiu a meta colocada pela Warner Bros, que é de 200 milhões de dólares.

Quanto à HBO Max, não se sabe exatamente qual foi o número de pessoas que assistiram ao filme, mas a companhia celebrou o alto índice de audiência. Já no próximo final de semana, “Mulher-Maravilha 1984” vai deixar o catálogo da plataforma e ficará disponível somente nos cinemas para cumprir a janela e o período necessário para, então, ser lançado definitivamente no streaming. Assim, o filme vai voltar aos serviços em alguns meses.

A sequência dirigida por Patty Jenkins teve avaliações positivas nos sites especializados. No Rotten Tomatoes, um dos mais conhecidos do ramo, alcançou a marca de 65%. Na primeira semana, chegou a ter 88%. O sucesso, segundo os críticos, deve-se ao peso emocional e sentimental dado à narrativa, No entanto, tem falhas no roteiro e desliza em alguns detalhes. Entre outras críticas negativas estão a falta de consistência dos personagens, o enredo mal construído e o ritmo lento da história que se distribui em 2 horas e 31 minutos.

Apesar das críticas, a Warner registrou  "Mulher-Maravilha 1984" no Oscar em todas as categorias, entre elas: Melhor Filme, Melhor Diretor com Patty Jenkins e Melhor Roteiro Adaptado com Patty Jenkins, Geoff Johns e Dave Callaham; Gal Gadot como Melhor Atriz; Kristen Wiig, Robin Wright e Connie Nielsen em Melhor Atriz Coadjuvante; e Chris Pine e Pedro Pascal em Melhor Ator Coadjuvante, além de outras como Melhor Figurino e Melhor Edição de Filme.

Mesmo sem ter atingido a meta e com algumas opiniões negativas, a Warner Bros. já deu aval para um terceiro filme com Gal Gadot e a diretora Patty Jenkins inclusas.

 
REFERÊNCIAS

 

RUBIN, Rebecca. 'Mulher-Maravilha 1984' continua no topo das bilheterias do mundo. UOL, 2020. Disponível em: <https://www.uol.com.br/splash/noticias/reuters/2021/01/10/mulher-maravilha-1984-continua-no-topo-das-bilheterias-do-mundo.htm>. Acesso em 14 de janeiro de 2021.

MURRAY, Noel. Decepcionado por ‘Mulher Maravilha 1984’? Aqui estão seis dicas de ótimos filmes de super-heróis. Estadão, 2020. Disponível em:<https://www.google.com/amp/s/cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,decepcionado-por-mulher-maravilha-1984-aqui-estao-seis-dicas-de-otimos-filmes-de-super-herois,70003580603.amp >.Acesso em 14 de janeiro de 2021.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »