16/02/2021 às 00h27min - Atualizada em 16/02/2021 às 00h18min

Bragantino empata com Sport e se mantém na briga por vaga na Libertadores

Os times tem diferença de sete pontos na tabela e buscavam a vitória por razões diferentes

Ludmilla Dias - editado por Wesley Bião
Sport e Bragantino empatam na Ilha do Recife (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Na última segunda-feira (15), o Sport recebeu o Bragantino na Ilha do Retiro, em Recife. A partida valeu pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro e apesar das tentativas do Massa Bruta, o empate de zero a zero ficou no placar. O Leão precisava de uma vitória para ampliar a diferença de pontos que o separa da zona de rebaixamento e com o resultado a equipe está em 14º lugar. Já o Bragantino, que está na 11ª colocação, briga diretamente com Corinthians, Santos e Athletico-PR por uma vaga na Copa Libertadores, além de garantir a classificação na Copa Sul- Americana.   

 

O Massa Bruta não perde há três partidas (uma vitória e dois empates) e o rival vinha de duas vitórias. Durante o jogo, as equipes tiveram poucas finalizações. Os visitantes buscaram mais chances de gol e encontraram a forte marcação rubro-negra. Os jogadores do Sport não conseguiram contra-ataques e investiram na defesa.                

 

PRIMEIRO TEMPO

 

A primeira etapa da disputa começou com substituições. O meia Bruno Tubarão recebeu atendimento após falta de Dalberto, mas acabou saindo e o atacante Morato entrou em seu lugar. Aos 16 minutos, Bentinho arriscou para o Sport. Ele recebeu na entrada e bateu em direção ao gol, mas a bola subiu muito e foi para fora. O Bragantino manteve o controle do jogo e chegou a ter 75% de posse de bola. Aos 17 minutos, Raul chutou em direção ao gol, mas Luan Polli defendeu. 

 

Com 33 minutos, sem nenhuma chance real de gol dos dois lados, o Bragantino tentou de novo. Cuello tocou para Ytalo, que bateu de fora da área, mas a bola acabou saindo. O Massa Bruta tentou de diferentes maneiras abrir o placar. Primeiro aos 35, quando Luan Cândido cobrou falta e mandou por cima da trave. Depois, aos 38, Ytalo recebeu passe de cabeça de Raul e próximo a marca do pênalti arriscou um voleio. Por último, aos 39, Claudinho abriu espaço e tentou mandar a bola no ângulo, mas batendo para fora. 

 

SEGUNDO TEMPO

 

O Bragantino voltou pressionando ainda mais o Leão. Aos dois minutos, Morato carregou a carregou até o meio da área e bateu, mas a bola passou perto do gol. Aos oito, Ytalo recebeu na entrada da área e deu uma bicicleta, sem perigo para o goleiro. Com 13 minutos Ytalo novamente apareceu, aproveitando um vacilo da zaga rubro-negra, mas o chute acabou saindo. Foi apenas aos 25 minutos que houve um lance de perigo. O lateral Luan Cândido recebeu bola lançada na área e desviou de cabeça, mas Luan Polli fez uma grande defesa. No final, Luciano Juba tentou de longe, mas sem perigo. 

 

PRÓXIMOS JOGOS     

 

Pela 37ª rodada do Brasileirão, os dois times entram em campo no próximo domingo (21). O Sport recebe o Atlético-GO em Recife, e o Bragantino enfrenta o Goiás no estádio da Serrinha, em Goiânia.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »