10/03/2021 às 00h52min - Atualizada em 10/03/2021 às 00h36min

Atrás no placar, Barça tenta outro milagre contra o PSG para avançar na Liga dos Campeões

Precisando reverter uma diferença de quatro gols, os espanhóis esperam repetir o feito de 2017 para seguirem vivos na competição

João Oliveira - editado por Anna Voloch
Barcelona e PSG se enfrentam por uma vaga nas quartas de final da competição (Foto: Reprodução/sitedeapostas.bet)
Nesta quarta-feira (10), o Barcelona vai à França para encarar o PSG em partida de volta, válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O confronto será realizado no Estádio Parc des Princes, às 17h (horário de Brasília). Após derrota no jogo de ida, os espanhóis precisam marcar quatro gols de diferença ou mais para conseguirem a vaga nas quartas. Repetindo-se o placar na Espanha (4 x 1) a favor do time Catalão, a decisão seguirá para a prorrogação e pênaltis.

Neymar, que segue se recuperando de lesão, desfalcará o PSG. Com isso, o Barça tentará repetir o feito de 2017. Na ocasião, o brasileiro, que defendia os espanhóis, ajudou o clube a aplicar uma virada histórica. Lionel Messi e companhia reverteram uma diferença de seis gols frente aos franceses e conseguiram avançar para as quartas da competição daquele ano.
 
PSG

Eventualmente, os Les Rouge-et-Bleu jogaram a pressão para o adversário. Com o placar favorável construído na Espanha, os franceses podem perder por até três gols de diferença para ficar com a vaga. Desde a partida de ida, a equipe disputou outros quatro jogos, foram três vitórias e uma derrota. Curiosamente, o único resultado adverso foi quando jogou em seu estádio.

O PSG não contará com Neymar, e o ténico Mauricio Pochettino falou sobre a ausência do camisa dez da equipe: "Não é uma decisão, é uma realidade. Ele fez um grande trabalho para estar não só nesse jogo, mas para voltar o quanto antes. É uma pena porque ele tinha muita vontade, mas também irá ter para ajudar a equipe na Copa da França, na Liga e na Champions”.

 
Além de Neymar, os franceses não terão o italiano Moise Kean, que se recupera após ter contraído a Covid-19. Entretanto, contarão com a volta de Keylor Navas, Presnel Kimpembe, Marquinhos e Layvin Kurzawa, que foram poupados na última rodada do campeonato francês visando a partida desta tarde.

Provável escalação: K. Navas; Florenzi, Marquinhos, Kimpembe e Kurzawa; Gueye e Paredes; Di Maria, Verratti e Mbappé; Icardi.

Técnico: Mauricio Pochettino.

 
BARCELONA

O clube da Catalunha precisará de todo o talento de Messi e companhia para reverter esse resultado. Desde a derrota no jogo de ida, os espanhóis disputaram cinco partidas, com quatro vitórias e um empate. Além disso, uma das vitórias garantiu ao Barça a vaga na final da Copa do Rei, quando buscou a diferença de dois gols construída pelo Sevilla fora de casa.

O clube conta com retorno da boa fase do argentino Lionel Messi e o técnico Ronald Koeman, ao ser questionado sobre o que esperar do jogo, relatou que nada é impossível. 
“Depende de como começarmos, da energia que colocarmos em campo para complicarmos a vida ao adversário. Depende da nossa eficácia, eles mostraram ter muita no primeiro encontro… Somos uma equipe que cria ocasiões e tendo uma ótima eficácia, nada é impossível”, destacou Koeman.

Para o confronto de hoje, o técnico holandês não terá à disposição Coutinho, Piqué, Ansu Fati e Sergi Roberto, todos no departamento médico. Ronald Araújo segue como dúvida, mas tudo indica que também não estará presente na partida.

Provável escalação: Ter Stegen; Mingueza, Lenglet e Umtiti; Dest, De Jong, Busquets e Alba; Pedri; Messi e Griezmann.

Técnico: Ronald Koeman.
 
HISTÓRICO DE CONFRONTOS

PSG e Barcelona já se encontraram pela Liga dos Campeões em 11 oportunidades e proporcionam um duelo disputado: são quatro vitórias para cada lado e três empates. Os franceses balançaram a rede 20 vezes, enquanto os espanhóis somam 22 gols no confronto. Contudo, o PSG possui vantagem jogando na França, foram cinco jogos, três vitórias, um empate e apenas uma derrota.

Por fim, as equipes também se encararam em uma oportunidade pela Recopa Europeia. Na ocasião, o Barcelona venceu por 1 x 0 no Camp Nou e ficou com o título da edição em questão.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »