26/03/2021 às 09h20min - Atualizada em 26/03/2021 às 09h17min

Produção de Ovos de Páscoa durante a pandemia

O doce provoca uma explosão de sentimentos desencadeados por aromas, formatos, sabores e texturas

Giovana Cerantola - Editado por Roanna Nunes
Foto: reprodução/Google
Primeiro, é preciso cortar a barra de chocolate em pequenos pedaços para depois colocar os cubos no pirex e aguardar o derretimento em banho-maria. O processo é parcialmente rápido, em dez minutos aquele delicioso chocolate já estará líquido e pronto para o uso. 
 
Enquanto o ingrediente se desfaz em contato com a panela de água quente, uma boa música toca ao fundo da cozinha, no mesmo ritmo que o cheiro adocicado se propaga no ar. Depois disso, o doce pode ficar em uma pedra de mármore, esfriando, fazendo o exato contraponto entre a quentura, do derretimento e o gelado, do resfriamento.
 
Os passarinhos cantam no quintal, ao mesmo tempo em que é feita a escolha da forma: oval, circular, de coração, grande ou pequena. O tamanho dela é uma verdadeira diversão. Pode-se dizer que cada um ganha o tamanho do ovo que merece (adianto que aqueles que ganham os maiores são os mais sortudos).

Na geladeira, o chocolate vai, lentamente, endurecendo. É esse o momento para lavar a louça que ficou, até dá tempo de preparar o recheio, já que o período na geladeira é demorado.

Na hora de confeitar, o recheio do ovo é escolhido de acordo com o próprio gosto. Tem os “formigões” que escolhem a cobertura de leite em pó com creme de avelã para acentuar a doçura com a casca. Também tem aqueles que preferem contrabalancear com uma fruta azeda, como limão ou maracujá. Enfim, as opções de sabores são as mais variadas e atendem a todos os públicos.

A confeiteira Rayane Barbosa da Silva está realizando esse mesmo processo pela primeira vez, comercializando os doces. Com várias encomendas para o feriado de Páscoa, ela já está se organizando para entregar os ovos frescos e com qualidade para seus clientes. Cada forma de chocolate que ela produz representa uma pessoa especial, por esse motivo seus produtos são confeitados com tamanho carinho, atenção e higiene.
Em entrevista, a confeiteira comentou que “a sensação de fabricar os ovos é encantadora, o cheiro do chocolate derretido é indescritível”
 
Com a pandemia de corona vírus no ápice da contaminação, os cuidados com a higiene dos alimentos foram redobrados. Cada indivíduo tem se dado de uma maneira diferente com o confinamento e os Ovos de Páscoa são uma boa opção para quem precisa de uma renda extra e, até mesmo, para aqueles que querem passar o tempo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »