05/04/2021 às 18h10min - Atualizada em 05/04/2021 às 18h05min

Barcelona vence e encosta no Atlético de Madrid na briga pelo título da LaLiga

Com gol nos acréscimos, Dembelé garante os três pontos dentro do Camp Nou em vitória apertada contra o Real Valladolid

João Fellipe Ramos - Editado por Juan Camilo
Comemoração do gol da vitória (Foto: Divulgação/Twitter Barcelona-Br)
Na última segunda-feira (5), o Barcelona recebeu o Real Valladolid, no Camp Nou em partida pela 29ª rodada da LaLiga às 16h (horário de Brasília). O placar foi favorável aos Culés, que saíram com os três pontos na vitória pelo placar mínimo, com gol de Ousame Dembelé. Assim sendo, a vitória apertada dos mandantes estão a um ponto da liderança, sonhando com o título do nacional, e pensando na permanência de Lionel Messi no plantel para próxima temporada.

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou de forma amena, já que os dois elencos se estudaram muito nos minutos iniciais. Contudo, a equipe do Valladolid teve sua primeira chance de abrir o placar com chance de fora da área. Porém, a finalização foi nas mãos do goleiro ter Stegen.

Ronald Koemann, optou por começar a partida com três zagueiros, assim, os alas, Dest e Alba tiveram mais liberdade para subir ao ataque com mais facilidade, deixando Messi mais para criação e Dembelé o homem mais avançado do Barcelona.

A partir dos 15 minutos, a equipe do Valladolid, povoou as áreas defensivas do Barcelona, a fim de sufocar os homens da saída de bola, para rifar a bola, até certo ponto, a pressão funcionou. Porém, os visitantes optou por chamar muitas faltas, e o árbitro não marcou quase nenhuma, deixando a bola seguir.

A equipe Culé, por mais que tenha a posse de bola, não criou nenhuma chance clara de finalização, além da cobrança de falta do Lionel Messi, que passou a esquerda do goleiro Masip. Povoando o campo de ataque, mas encontrou dificuldades na criação visto que a linhas do Valladolid estavam compactadas. Dessa forma, facilitou a transição defesa-ataque dos visitantes.

Com um passe em profundidade, Dembelé apareceu em frente ao Masip, e ao invés de concluir, rolou para trás, que chegou Messi, ao concluir a gol, o zagueiro se esticou e com a perna evitou o gol do Barcelona, aos 40 minutos, da etapa inicial.

Aos 46 minutos, a equipe de Koemann rondou a área por tempos, Messi perdeu a bola e sobrou nos pés do garoto Pedri, que finalizou rasteiro, Masip se esticou e tocou na bola, ainda bateu na trave e passou por trás do goleiro que encaixou, evitando o primeiro gol catalão na partida.

Mostrando sua superioridade, os mandantes tiveram mais posse de bola e finalizações, contudo sofreram defensivamente com o Valladolid que teve uma bola no travessão e exigiu defesas do goleiro ter Stegen. O Barcelona não foi apagado na primeira etapa, apenas não conseguiu pressionar em busca do gol, com isso a primeira etapa foi de equilíbrio nas ações perigosas.

Sergiño Dest, armando lance ofensivo (Foto: Reprodução/ Twitter Barcelona-Br)

SEGUNDO TEMPO
Na volta aos gramados para etapa final, as equipes começou a arriscar mais as conclusões, tanto pelo lado do Barcelona, quanto pelo lado do Valladolid, sendo assim, as chances apareceram com mais afinco.

Com isso, aos 13 minutos, Messi achou Dembelé entre os zagueiros, ao finalizar, Masip espalmou, com isso a bola sobrou no Griezmann que tentou de cabeça, porém a bola saiu a direita do gol, sem goleiro.

Ronald Koemann, optou por fazer três alterações conjuntas, entrando Braithwaite, Trincão e Araújo, nos lugares de Mingueza Griezmann e Busquets. Já pelo lado do Valladolid, entrou Hervias no lugar de Janko.

As alterações não surtiram efeito imediato, visto que as oportunidades de gol, continuaram escassas, até que Messi decidiu finalizar de fora da área com a perna esquerda, a finalização passou rente a trave, porém o goleiro Masip estava na bola, defendendo todas as bolas em gol.

Nos últimos 10 minutos de partida, o Valladolid jogou com um jogador a menos, pois Plano impediu uma chance clara de gol com falta, dessa forma, os catalãs foram com todos seus jogadores de linha em busca do gol da vitória.

Nos acréscimos, a superioridade numérica fez a diferença, De Jong jogou na área, Araujo disputou a bola no alto, e a sobrou nos pés de Dembelé que de primeira com a perna esquerda inaugurou o placar o placar na 20ª finalização da equipe catalã na partida.

PRÓXIMOS CONFRONTOS
Os próximos embates das equipes são pela LaLiga, o Barcelona tem seu maior clássico no próximo sábado (10), o famoso El Clasico contra o Real Madrid às 16h. Já o Real Valladolid volta aos seus domínios para receber o Granada no domingo (11) às 11h30 (todos em horário de Brasília).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »