11/04/2021 às 14h39min - Atualizada em 11/04/2021 às 14h15min

Bicampeão: Flamengo supera Palmeiras nos pênaltis e leva o título da Supercopa do Brasil

Após um duelo quente, Diego Alves brilha e pega três penalidades, dando aos Rubro-Negros a segunda conquista seguida da competição

Carolina Lipares - editado por Anna Voloch
Flamengo é bicampeão da Supercopa (Foto: Divulgação/Lucas Figueredo/CBF)
Na manhã do último domingo (11), o Flamengo se consagrou bicampeão da Supercopa do Brasil. Os cariocas bateram o Palmeiras nos pênaltis, após empate em 2 a 2 no tempo normal, fazendo assim um jogo de muita emoção no Estádio Mané Garrincha. Os gols foram marcados por Gabigol e Arrascaeta pelo Mengão. Já pelo Porco, Raphael Veiga foi quem balançou as redes duas vezes. No entanto, a partida foi decidida somente após 18 cobranças de penalidades, nas quais o Fla venceu pelo placar de 6x5. Além do título, os Rubro-Negros levaram também a premiação de 5 milhões de reais. O Verdão também garantiu 2 milhões de reais pelo vice-campeonato.

PRIMEIRO TEMPO

A equipe Rubro-Negra começou pressionada e o Palmeiras precisou de apenas um minuto para abrir o placar. Após o recuo da bola, Diego Alves chutou forte, Felipe Melo de cabeça ajeitou para Raphael Veiga, que em uma jogada individual limpou a marcação de Arão e abriu o placar para o Verdão. O Flamengo estava com dificuldades na saída de bola, enquanto o Porco continuava pressionando.

Aos 17 minutos, Zé Rafael tocou para Rony, que bateu cruzado, mas Diego Alves salvou. Logo depois veio a resposta do Flamengo: Diego chutou longe, bola desviou na marcação e o arqueiro alviverde espalmou para escanteio. Dois minutos depois, por uma falha na marcação do Palmeiras, Arrascaeta aproveitou e mandou para Filipe Luís, que estava na área. O lateral limpou a marcação e acertou a trave. No rebote, Gabriel Barbosa estava lá e chutou para o gol, igualando a partida. O VAR revisou, mas a arbitragem validou o gol.

Aos 28 minutos, Wesley mandou para Breno Lopes no meio da marcação do Flamengo, que driblou Diego Alves e bateu cruzado, entretanto o goleiro evitou o gol do atacante quase em cima da linha. Em seguida, mais uma chance para o Verdão: Raphael Veiga chutou de fora da área, mas novamente o arqueiro rubro-negro fez a defesa. Minutos depois, Abel Ferreira levou um cartão amarelo por reclamações, assim o técnico insistiu em seguir reclamando e recebeu o cartão vermelho.

Com isso, aos 40 minutos, Wesley acabou derrubado por Isla na entrada da área e a arbitragem marcou a penalidade. O lance acabou sendo revisado pelo VAR e o árbitro foi avisado pelo mesmo, mudando assim de ideia e dando falta e um cartão amarelo para o lateral do Flamengo. Falta marcada e Veiga foi para a bola. O meia cobrou no ângulo, mas Diego Alves evitou. Em seguida, resposta do Flamengo: Gabriel fez jogada individual, tocou para Bruno Henrique e o atacante chutou com perigo, mas Weverton fez a defesa.

Já nos acréscimos, Arrascaeta recebeu de Bruno Henrique, que viu um espaço deixado pelo Palmeiras. Assim, o meia chutou na entrada da área no canto direito de Weverton para a virada Rubro-Negra. No último lance, o Verdão tentou em cobrança de falta de Raphael Veiga, que tocou para Rony dominar a bola e chutar. No entanto, o goleiro do Flamengo evitou o empate no final. Com muitas chances para ambas as equipes, a etapa inicial da partida terminou com a virada do Flamengo por 2 x 1.
 
SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou com a mesma pegada que o primeiro tempo, bem agitada. Logo nos primeiros minutos, Wesley ariscou e chutou de fora da área, mandando a bola perto do gol Rubro-Negro. Na resposta, Gabigol fez tabela com Everton Ribeiro, que finalizou dentro da área, mas Weverton saiu bem na bola.

Aos 10 minutos, quase o terceiro do Flamengo. Arão mandou para Gabriel Barbosa, que chutou da entrada da área, mas a bola passou perto do gol. Logo depois em um contra-ataque rápido do Verdão, Danilo avançou, chutou, mas Diego Alves fez a defesa. Em seguida mais uma chance do Palmeiras: Rony cobrou o escanteio, Gustavo Gómez subiu e cabeceou. Diego Alves espalmou para escanteio. O time paulista não desistiu. Gabriel Veron recebeu um cruzamento na área, cabeceou forte e o goleiro novamente salvou o Flamengo.

Aos 26, Rony foi puxado por Rodrigo Caio na área e a arbitragem marcou o pênalti. Lance foi revisado, mas foi confirmado e Rodrigo Caio recebeu cartão amarelo. Veiga cobrou com força no canto esquerdo do Diego Alves. Goleiro acertou o lado, porém não alcançou. Assim, o Palmeiras empatou a partida.

Por muito pouco, o Flamengo não ficou novamente a frente no placar em seguida. No contra-ataque, Arrascaeta recebeu na área e acabou sendo travado no chute. Assim, na segunda tentativa, Vitinho chutou no canto, a bola bateu na trave e voltou em Weverton que salvou o Verdão.

Já no fim da partida, Gabigol bateu fechado, a bola foi em direção ao gol, porém o goleio alviverde fez a defesa em cima da linha. Os jogadores do Mengão pediram gol, entretanto a árbitragem não marcou. O VAR fez a análise do lance e confirmou que a bola não havia entrado. Por fim, o auxiliar de Abel Ferreira, João Martins, recebeu vermelho também por reclamação e Rogério Ceni também pelo mesmo motivo. Assim o duelo terminou em empate das equipes e a decisão foi para os pênaltis.

PÊNALTIS

O Palmeiras deu início às cobranças. Assim, Raphael Veiga abriu o placar. Logo em seguida, Arrascaeta empatou para o Flamengo. Gustavo Gómez bateu no meio e marcou. Filipe Luís bateu, mas a bola foi para o travessão, posteriormente veio Scarpa que aumentou para o Verdão.

Depois foram duas cobranças perdidas. Matheuzinho para o Flamengo e Luan para para o Palmeiras. Vitinho cobrou e marcou. Já Danilo, podendo dar o título para o Verdão, acabou perdendo. Assim, Gabriel Barbosa mandou no canto e empatou.

Com isso, foram para as alternadas. Viña marcou e João Gomes também, mesmo Weverton tendo encostado na bola. Novamente duas cobranças desperdiçadas: Gabriel Menino pelo Verdão e Pepê pelo Rubro-Negro.

Seguindo, Veron marcou e Michael também. Logo em seguida veio Mayke, que cobrou, mas Diego Alves fez a defesa. Dessa forma, sobrou para Rodrigo Caio, que mandou para o fundo da rede, terminando assim 6x5  e com o Flamengo bicampeão da Supercopa.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Palmeiras tem outra decisão pela frente. Nesta quarta-feira (14), no mesmo Mané Garrincha, o Verdão decide a Recopa Sul-Americana contra o Defensa y Justicia, às 21h30 (horário de Brasilia). Já o Flamengo tem um clássico pela frente contra o Vasco, também na quarta-feira, às 21h (horário de Brasíla), pelo Campeonato Carioca no Maracanã.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »