13/06/2021 às 19h58min - Atualizada em 13/06/2021 às 19h28min

Atletico derrota o São Paulo, que permanece sem vencer no brasileirão

Hulk é o destaque do jogo; tricolor segue sem fazer gols na competição

Mickaelly camilly - labdicasjornalismo.com
Legenda: Hulk com a bola e três marcadores. Reprodução/Twitter Estádio Mineirão
Os campeões estaduais de São Paulo e Minas Gerais  se enfrentaram pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro no Mineirão, neste domingo (13). O Atlético MG venceu o duelo por 1 a 0 com grande participação de Hulk. Já o Tricolor segue sem vencer e ainda sem fazer gols, sendo assim, está em alerta e ocupa a colocação de 16º. Jogo foi morno sem grandes chances de gols. 

PRIMEIRO TEMPO

Atlético já iniciou a partida com cruzamento de Keno, porém Hyoran não alcançou. Aos oito, o time seguiu com perigo por meio do contra-ataque de Hulk, com finalização de Keno para a defesa de Volpi.

OTricolor Paulista também chegou com Rigoni pela lateral, aos 13, ele levou para o meio e foi desarmado no momento do passe. O gol do Galo surgiu aos 16’ em linda jogada do camisa sete, que progrediu pelo meio, invadiu a área e fez o passe para Hyoran, que cruzou para Jair empurrar e abrir a partida.

Hulk desestruturou a equipe de Crespo, que trabalhava sem efetividade e estava sendo bem marcado pelo adversário. Como forma de buscar o  empate, Nestor recebeu e arriscou o chute que foi por cima do gol. Em chegada do Tricolor, Rever na tentativa de tirar o perigo quase faz gol contra, na  jogada em que Rigoni fez pela lateral, ele tentou tirar de cabeça e mandou em direção ao gol, Emerson fez a rápida defesa.
 
SEGUNDO TEMPO

O Atlético iniciou melhor o segundo tempo, possuía mais espaço e chegou com Allan, aos oito, que arriscou o chute e a bola saiu a esquerda do gol. 

Na tentativa de buscar o fôlego, Crespo fez alterações no time para buscar novas jogadas já no inicio da segunda etapa. Nos 25', ainda havia poucas finalizações perigosas do São Paulo, no total eram cinco contra e sete do Galo em toda partida.

Aos 27’, tricolor chegava com belo chapéu de Rojas pela esquerda, ele entregou para Reinaldo que fez a tentativa de cruzamento, sobrou para Rigoni, mas a marcação fechou o chute. A equipe de Crespo criava poucas jogadas mesmo diante das mudanças; no outro lado Galo marcava de maneira precisa, porém não criava muitas chances, sem organização no contra-ataque.

Em quase 40 minutos de jogo, o tricolor Paulista havia finalizado uma vez. Já nos minutos finais, o Atlético chegou duas vezes no ataque, na primeira pela roubada de bola do Hulk e finalização fraca de Arana. Consecutivamente a esse lance, em uma chance perigosa, Arana cruzou e Reinaldo tirou de dentro da pequena área de cabeça.
 
  
Hulk ganha cada vez mais espaço no galo

O centroavente cria jogadas e participa delas, inclusive a do gol e algumas que levaram perigo ao tricolor. Hulk usa com bom proveito seu condicionamento corporal e físico, além disso, é muito marcado pelos adversários. O atleticano possui noção de domínio e força, dificilmente perde bola fácil. Fez a diferença no lance de gol decisivo durante o primeiro tempo.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

Atlético-MG visita o Internacional na próximo quarta-feira as 19h. Já o São Paulo joga no Morumbi, contra a Chapecoense, no mesmo dia e horário. Ambas as partidas serão disputadas pelo quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »