04/09/2021 às 10h00min - Atualizada em 04/09/2021 às 09h34min

O B R O BRÓ que afeta a capital Teresina

A capital do Piauí registrou temperatura média de 36,6°C e 22% de umidade relativa do ar.

Pedro Ferreira - Editado por Maria Paula Ramos
Foto: Arquivo O DIA
Em Teresina, no Estado do Piauí, os últimos quatros meses do ano são considerados os mais quentes. Esse período é denominado de “B r o bró”, que leva a junção das últimas sílaba de cada mês, traz o aumento das temperaturas, como também os cuidados com a saúde.

Cuidados com a Saúde
Carlos Gilvan, clínico geral da Fundação Municipal de Saúde (FMS) alerta que o calor propicia a desidratação do corpo.

“É preciso aumentar a ingestão de líquidos nessa época do ano, evitar exposição solar no horário de 10h às 16 horas e proteger a pele da incidência de raios solares, com o uso de protetor solar, chapéu e sombrinha”, afirma.

 
Outras orientações do Ministério da Saúde :
  • Use lençóis leves e nenhuma coberta para evitar o acúmulo de calor.
  • Pendure toalhas molhadas nos ambientes com ar condicionado.
  • Ventiladores: não devem ser direcionados diretamente para o corpo e guardar uma certa distância para evitar excesso de desidratação.
  • Fechar janelas onde há incidência de sol
 
Pedro Melo é morador de Teresina e diz que não está acostumado com o calor, mas sempre procura se adaptar.

 “Acabo aumentando o número de banhos, por necessidade do organismo, consumo mais água durante o dia. Dou preferência por roupas mais leves e claras. Durante a noite procuro usar o ar condicionado, já que somente o ventilador não dá conta de amenizar o calor”, disse Pedro.

Clima do B R O BRÓ
Werton Costa, Professor de Climatologia da UESPI, afirma que as previsões apontam um “B r o bró” ligeiramente mais quente. “Mais calor, menos umidade relativa do ar e muita insolação. Os modelos de previsão mais otimistas, principalmente a modelagem nacional vem apontando para o trimestre de setembro, outubro e novembro uma condição térmica mais avançada, ou seja, temperaturas acima da média”, destaca Werton Costa. O professor reforça também os cuidados com a saúde, como a hidratação com ingestão de líquidos, e a proteção da pele da radiação radiação ultravioleta.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »