27/06/2022 às 20h32min - Atualizada em 27/06/2022 às 20h06min

5 filmes sobre racismo

Produções que falam sobre discriminação racial e foram inspiradas em histórias reais.

Larissa Varjão - editado por David Cardoso
Mão fechada em fundo preto. (Foto: Reprodução/ Unsplash).
O racismo é um assunto muito sério e debatido atualmente. A discriminação racial está presente em muitos aspectos e situações no dia a dia da sociedade. Com isso, é extremamente importante debater o tema, o qual é frequentemente abordado em filmes e séries para trazer essa reflexão para as pessoas.
 
Conheça cinco produções baseadas em histórias reais que falam sobre a temática:
Baseado em fatos reais, o filme mostra um cenário em que duas escolas, uma só de brancos e outra só de negros são unificadas pelo governo em 1971. O técnico Herman Boone (Denzel Washington), chega para trabalhar no comando do time Titans, que está dividido pelo racismo. Inicialmente, Boone sofre preconceitos raciais por parte dos demais técnicos e até mesmo de jogadores do seu time, mas aos poucos ele conquista o respeito de todos e torna-se um grande exemplo para o time e também para a pequena cidade em que vive. Você pode encontrar o filme na plataforma da Disney.
A história se passa em 1841 e conta a história de Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços. A história de Solomon é real e serviu de inspiração para o livro Doze Anos de Escravidão escrito em 1853, adaptado para o cinema em 2013. Você pode assistir o longo na plataforma da Star+.
No cenário da Guerra Fria, em 1961, Estados Unidos e União Soviética disputam o poder na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Essa situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. A obra retrata a história real de três cientistas afro-americanas que trabalharam no Langley Research Center (“Centro de Pesquisas Langley”) da NASA, localizado na cidade de Hampton, no estado da Virgínia: Katherine Johnson (Taraji P. Henson) e Dorothy Vaughan (Octavia Spencer), matemáticas, e Mary Jackson (Janelle Monáe), matemática que viria a se tornar engenheira, juntas precisam lidar com o preconceito no trabalho para que consigam ascender na hierarquia da NASA. O longa pode ser encontrado na plataforma da Disney.
Dirigido por Spike Lee, o longa faz parte da lista de filmes da Netflix indicados ao Oscar e levou a estatueta de Melhor Roteiro Adaptado em 2019. O filme é baseado na autobiografia do policial norte-americano Ron Stallworth, lançada em 2014, que conta como ele, o primeiro detetive negro do departamento de polícia de Colorado Springs, se infiltrou na organização supremacista Klu Klux Klan. Stallworth (John David Washington) se comunicava com os membros locais da KKK por telefone e, quando as reuniões aconteciam, um policial branco, interpretado por Adam Driver, comparecia no lugar dele. O filme pode ser encontrado na plataforma da Amazon Prime Vídeo.
A minissérie conta a história de cinco jovens negros entre 14 e 16 anos, moradores de um bairro americano que foram condenados e presos sob a falsa acusação de estupro de uma mulher no Central Park em 1989. Baseada em uma história verídica, a produção de quatro episódios da Netflix explora um dos maiores erros cometidos pelo sistema judiciário americano. Na plataforma do Netflix, também é possível assistir a entrevista que Oprah Winfrey realizou com os envolvidos do caso e com a produção e elenco da série.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »