25/07/2019 às 21h33min - Atualizada em 25/07/2019 às 21h33min

Além do Turismo

Saiba o porquê e qual a importância de fazer uma viagem voluntária

Thalita Gameleira - Editado por Jéssica Belo
Muitas pessoas amam viajar. Seja por um período grande ou curto. Também pode ser a cada três meses ou a cada três anos. Há quem diga que “viajar é trocar a roupa da alma”, realmente, o ato de fazer uma viagem é de fato uma experiência marcante e que pode mudar significativamente a vida de uma pessoa. Mas, viajar pode ser mais do que um turismo ou uma visita à amigos e familiares, como é o caso de Samuel Mesquita de 21 anos e Mariana Serodio de 24 anos. Ele é de Belo Horizonte e ela de Foz do Iguaçu, ambos resolveram dedicar as suas férias para fazer uma viagem missionária.

Uma viagem missionária nada mais é do que um tipo de viagem voluntária, onde o indivíduo dedica algum tempo para servir uma comunidade ou uma organização. Após participarem de uma escola de 21 dias que preparariam equipes para fazerem essas viagens em vários lugares do Brasil e do mundo, eles resolverem dedicar os 10 dias de viagens para ajudarem uma organização que atende uma comunidade ribeirinha em Santarém, localizado no oeste do estado do Pará.


Foto: Samuel Mesquita

Foto: Samuel Mesquita

Samuel tinha acabado de trancar o curso de arquitetura, o qual não se identificava mais. Ele sempre se interessou por assuntos relacionados à ações sociais, quando soube da possibilidade de fazer essa viagem, ele viu uma oportunidade de ajudar de alguma forma as comunidades ribeirinhas, além de exercer o que ele acredita ser o seu propósito. “Meu coração sempre queimou por fazer viagens missionárias no meu país. No começo eu queria muito ir para o sertão, porque amo a cultura nordestina, entretanto, quando eu tive acesso à lista de todos os países e cidades brasileiras que eu poderia me inscrever para fazer a parte prática do curso, tive a certeza que Santarém era o lugar que eu deveria ir naquele momento”, lembra Mesquita.

Mariana fez a inscrição do curso com um desejo no coração: queria a experiência completa, inclusive a viagem, que é a parte prática e optativa do curso. “Inicialmente, eu não pensava em ir para o Pará, mas apenas queria ir para algum lugar”, ressaltou. Após alguns dias, ela disse sentir no coração que dos 16 destinos que tinha, ela deveria ir para a comunidade ribeirinha. Para Mariana, era o que Deus estava preparando para ela e teve a certeza do lugar após um sonho em que se via numa ponte de madeira, como as que têm nas comunidades ribeirinhas. “Eu não queria viajar apenas por viajar, meu desejo era ir para um lugar que me amadurecesse, um lugar que Deus trabalharia comigo”, complementa.

A equipe de 13 pessoas embarcou de São Paulo para Belém no dia 16 de julho, e serviram as comunidades ribeirinhas através de um projeto encontrado lá até o dia 26 do mesmo mês. Todos tiveram a experiência incrível que uma viagem voluntária pode trazer, como ajudar o próximo e sair da sua zona de conforto pode ser inesquecível. “O que mais me tocou durante a viagem foi a simplicidade das pessoas. Eles foram tão acolhedores que me fizerem sentir em casa. Teve um momento que mostrei as fotos da cidade de São Paulo e do avião e as crianças ficaram impressionada. Nenhuma delas conhecia essas coisas, mas mesmo assim eram felizes no pouco que tinha. Isso foi uma grande lição: apreciar o simples da vida”, ressalta Samuel. Já para Mariana, o que mais a tocou nessa experiência foi “amor que existe pela família. Eles não tinham quase nada, às vezes sem luz e comida, mas eles estavam felizes e se amavam. Acho que todos da equipe foram tocados pela importância do amor em uma família”.


Foto: Samuel Mesquita

A vivência de viajar para longe de casa, ajudar uma comunidade e dedicar tempo nisso, é realmente algo para se fazer pelo menos uma vez na vida. “Sem dúvidas vale a pena fazer esse tipo de viagem. A cidade é rica em cultura e gastronomia, as pessoas são bastante receptíveis e além disso você terá a oportunidade de apreciar a natureza durante toda a viagem”, relembram.


Foto: Samuel Mesquita

Foto: Samuel Mesquita

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »