31/01/2020 às 12h23min - Atualizada em 31/01/2020 às 12h23min

'Bom Sucesso' desperta interesse pela literatura no público

Novela da Globo traz o prazer da leitura para ao telespectador

Carolina Fim Feliciano - Editado por Rafael Campos
João Cotta Globo Divulgação
Bom Sucesso, novela da faixa das 19 horas da Rede Globo, termina com saldo positivo e deixa legado para o público. A trama escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, que tem a literatura como um dos eixos principais, incentiva a leitura e reacende a paixão por livros.

Reunindo novamente Grazi Massafera, desta vez, como Paloma da Silva e Antônio Fagundes, como Alberto Prado Monteiro, os co-protagonistas mostram que o hábito de ler independe da idade, classe social e gênero.

Em realidades distintas, a costureira Paloma recebe um exame com diagnóstico terminal, o que a leva a acreditar que só tem mais seis meses de vida. Com isso, o erro médico faz com que seu caminho se cruze com o de Alberto, dono de uma editora de livros e o verdadeiro paciente que está com sua vida ameaçada. A protagonista por entender o medo de ter os dias contados, decide conhecer a pessoa com quem teve o exame trocado. E nisso, o enredo se desenrola com o surgimento da amizade entre os dois. Em meio a livros atemporais, clássicos da literatura brasileira e internacional, os autores relacionam a vida dos personagens com as histórias literárias.

Na trama, as obras foram apresentadas de forma leve e gradual, trechos de diversos livros foram encenados, recriando o mundo lúdico do enredo literário. A interpretação de Fagundes lendo em voz alta, cativou o telespectador e faz repensar a forma que a leitura é feita. Muito mais que incentivar o hábito de ler, a novela traz uma nova visão sobre como a literatura pode ser vista pela sociedade. Ler se torna prazer, não obrigação.


Devido ao estímulo da leitura que chegou ao público, os autores de Bom Sucesso ganharam o prêmio de honra ao mérito do IPL (Instituto Pró-Livro). Os livros citados na teledramaturgia tiveram aumento de buscas no Google Brasil, por curiosidade sobre o enredo, título ou autor, o telespectador procura saber mais sobre os clássicos mencionados.

O Mágico de Oz se tornou o livro mais buscado entre os citados na trama, na maioria das vezes por Alberto e por Sofia, neta do personagem. Logo atrás de Oz, “A Letra Escarlate”, leitura que era companhia de Paloma no trem. Vale ressaltar, que além das leituras, cenas feitas pelos próprios personagens da trama que interpretavam os protagonistas literários também tiveram um aumento de buscas na internet, como ocorreu com Mulherzinhas, de Louisa May Alcottt e Dom Juan Tenório, de José Zorilla.

A novela é repleta de referências literárias, desde os nomes dos filhos da protagonista: Alice (Alice no País das Maravilhas), Peter (Peter Pan) e Gabriela (Gabriela: Cravo e Canela); até os personagens secundários que possuem um paixão nos contos clássicos de Sherlock Holmes.

Bom Sucesso se despediu do público no dia 24 de janeiro de 2019, com média de 29 pontos no Ibope, a novela teve a melhor pontuação de novelas das 19h, desde 2012 com a trama de “Cheias de Charme”. Eleita a melhor novela de 2019 pelo UOL TV e Famosos, a trama que conquistou os telespectadores, os críticos, mostrou representatividade e incentivou a leitura de clássicos literários, deixará saudades.   


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »