22/04/2019 às 14h57min - Atualizada em 22/04/2019 às 14h57min

Governo de Goiás inaugura ala pediátrica em hospital na capital

Na tentativa de desafogar o Hospital Materno Infantil, o governo toma medida rápida

Camilla Soares - Editado por Caroline Gonçalves
Reprodução/ Instagram
Depois de várias crianças internadas nos corredores do Hospital Materno Infantil e a morte do menino Rodrigo, de apenas 5 anos e portador da Síndrome de Down, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, inaugurou 55 novos leitos de pediatria no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol), na última sexta-feira, dia 12, em Goiânia.

A nova ala foi aberta com 45 leitos de enfermaria e 10 de UTI pediátrica, além de 170 profissionais a disposição. O custo para implantação foi gerado por R$1,5 milhão para o estado, sendo que não seria liberado nesse momento, mas com a situação que se encontrava o HMI, fez com que o governador antecipasse o cronograma.

Em sua rede social, Ronaldo Caiado disse que a o momento que o centro de referência a gestantes de alto risco e casos de média e alta complexidade infantil de Goiás estava passando, teve que tomar medidas drásticas: “Com a situação de calamidade que o Materno Infantil se encontrava, não medi esforços para resolver o problema. Leiloei dois carros de luxo, trabalhamos incansavelmente e conseguimos aumentar o atendimento em 50%”.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esteve presente na inauguração. Na oportunidade anunciou a liberação para investimento no setor no estado de R$150 milhões.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »