19/07/2020 às 20h40min - Atualizada em 19/07/2020 às 20h25min

Sopa de milho rouba a cena em Santa Fé

Conheça a história do prato típico da cidade trazido pelos tropeiros

Maynara Guapo - Editado por Michelle Ariany
Fotos: Maynara Guapo

Um avantajado chapéu de feltro marrom ou cinza. A camisa era feita de um tecido bem robusto, na mesma cor do chapéu. Uma capa, ou manta, ficava sobre os ombros e protegia do frio. As botas eram de couro e iam até a altura da coxa. Acompanhados de cavalos ou mulas, transportavam as cargas mais pesadas, em caminhos complicados para se locomover a pé. As mercadorias importadas e alimentos, eram carregados no lombo dos animais, como rebanhos de gados e de outros produtos, além de especiarias e temperos. Tudo tinha o intuito de ser comercializado nas regiões sul, sudoeste e centro-oeste brasileiras. 

 

As viagens eram longas, duravam cerca de semanas ou até meses, tornando a jornada árdua, e ao mesmo tempo, alterável. Dizem os moradores mais antigos de Santa Fé no estado do Paraná, que os tropeiros percorriam os arredores da cidade, quando pararam para descansar e sentiram fome. Conhecidos pela praticidade alimentícia, mas com sustança, observaram que na região havia uma rica plantação de milho. Então, colheram e começaram cortar, deixando também rodelas no sabuco.  A sopa foi feita no trempe, em um caldeirão de ferro. Acrescentaram também frango e linguiça como acompanhamento. 

 

Com o passar dos anos, a sopa de milho roubou a cena em Santa Fé. As pessoas se reúnem para degustar o prato. Seja em família ou com os amigos, tem para todos os gostos. Há aqueles que acrescentam na receita outros ingredientes, como cenoura, carne seca, frango desfiado e charque. Quem visita Santa Fé, não pode deixar de saborear a sopa de milho. Ela é rica em nutrientes, leve e apropriada para os dias frios. 


Confira a receita:

12 espigas de milho
2 gomos de linguiça calabresa
6 coxas de frango
Tempero a gosto
 
Modo de fazer:

 

Refogue o frango e reserve. Frite as linguiças. Corte quatro espigas de milho em pedaços e pique o restante. Refogue as espigas com metade do milho picado. Bata no liquidificador o restante do milho e adicione ao refogado. Deixe ferver. Quando abrir fervura, coloque o frango e a calabresa. Ferva por mais algum tempo. Coloque o tempero a gosto. Quando estiver bem grossa, desligue o fogo e sirva.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »