11/09/2020 às 16h34min - Atualizada em 11/09/2020 às 15h53min

Fundo Soberano: Um instrumento para a diversificação da economia saudita

O Fundo Soberano da Arábia Saudita é um dos maiores do mundo. Ele vem ampliando sua carteira de investimentos nos últimos anos, investindo em diversas empresas além do setor petrolífero.

Leonardo Leão - Editado por Camilla Soares
Crédito: Pixabay

O Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita (PFI, sigla em inglês) é um dos maiores do mundo. O PFI foi fundado em 1971, com o propósito de investir em projetos que são considerados estratégicos para o país. Atualmente ele possui aproximadamente 200 ativos, que alcançam o valor de 300 bilhões de dólares. Nos últimos anos esse fundo soberano vêm aumentando seus investimentos fora da Arábia Saudita e adquirido ações de multinacionais, chegando a comprar dois bilhões de dólares em ações da Uber no primeiro trimestre de 2020.

Ele possui uma carteira de investimentos diversificada, com ativos do setor financeiro, de telecomunicações e da indústria automobilística. Mas os seus principais ativos pertencem ao setor petrolífero, o país ainda é extremamente dependente do petróleo. O orçamento do país está vinculado às receitas dessa commodity, quando os preços sobem, os gastos podem ser maiores e quando o valor do petróleo cai, os gastos do governo devem ser reduzidos. No primeiro trimestre deste ano, seu orçamento fechou com um déficit de nove bilhões de dólares, causado pelo colapso nos preços do petróleo.


 

 
Para acabar com essa dependência, o príncipe herdeiro da família real saudita, Mohammad bin Salman, aposta todas suas fixas no fundo soberano do país. Para o príncipe, o PFI pode ser um importante recurso para diversificar a economia da Arábia Saudita. Com a queda do poder político da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e a ascensão da energia renovável, essa necessidade vem se demonstrando cada vez mais presente para o país.


Investimentos durante a pandemia:

 
Mesmo com a crise do coronavírus e com a queda nos preços do petróleo, o fundo soberano saudita investiu oito bilhões de dólares durante a pandemia, segundo a agência de notícias AFP. Esse dinheiro foi gasto na compra de ações de grandes empresas estrangeiras, como Facebook, Uber, Boeing, Starbucks, Walt Disney, Citigroup, dentre outras. O fundo também esteve envolvido no projeto de adquirir um clube do futebol inglês, o Newcastle United, mas as negociações foram interrompidas.


Ao falar sobre essas transações, o governador do PFI, Yasir al Rumayyan, afirmou que se trata de uma grande oportunidade que não poderia ser perdida. O fundo está aproveitando a crise econômica durante a pandemia para comprar ativos com preços mais baixos. Essa atitude por parte do fundo gerou opiniões divergentes, tanto no mundo quanto na Arábia Saudita.

 

Para realizar essas aquisições durante a crise, foram transferidos do Banco Central, 15 bilhões de dólares para o Fundo de Investimento Público em março e 25 bilhões de dólares em abril, segundo uma matéria publicada ela agência Reuters. Além disso, foi necessário que o governo triplicasse o Imposto sobre Valor Agregado (IVA), passando a cobrar 15% desde o mês de julho. Alguns comerciantes se questionam por que o valor investido em empresas estrangeiras não foi utilizado para apoiar os pequenos negócios de dentro do país e que foram prejudicados com a crise do coronavírus.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »