11/12/2020 às 18h46min - Atualizada em 11/12/2020 às 18h45min

Miley Cyrus aposta em versatilidade e ousadia durante diversas fases da carreira

A cantora passeia por diversos estilos conforme cada era dos seus álbuns

Laís Rodrigues - Editado por Larissa Barros
Reprodução / Instagram / @mileyofficially

A cantora Miley Cyrus é conhecida pelo seu início de carreira na Disney e as polêmicas nas quais se envolveu após o fim do programa adolescente, Hannah Montana, que marcou sua saída do canal. Aos 28 anos, é ativista pelas mulheres, LGBTQIA+ e dos animais. Independente da época, o estilo da artistas sempre trouxe a sua ousadia e sensualidade.. 

 

Em cada álbum lançado a cantora expõe o início de uma nova era da sua carreira e vida, trazendo um estilo novo tanto na música como na roupas. Sendo assim, não conseguimos defini-la com apenas uma palavra e sim, esperar sempre por coisas novas, quase uma “nova” Miley.

 

Por ter crescido sob os holofotes da Disney, ela tentou quebrar a imagem de “menininha” ao sair do canal. A partir disso, ela teve a primeira mudança e passou a ser conhecida como Miley Cyrus e não como Hannah Montana, mesmo sem ter se desvinculado totalmente. 
 

Com o álbum Cant Be Tamed, lançado em 2010, surgiu a polêmica do clipe que dá nome ao disco. A música fala sobre "Não ser domada". No clipe, a cantora aparece com asas, e sentada em um ninho dentro de uma gaiola. Por causa da ousadia do clipe muitas pessoas fizeram analogia ao canal no qual ficou conhecida. Além disso, o lançamentou ganhou repercussão por ser o primeiro clipe "sexual" da cantora que, na época, ainda era menor de idade. 
 

Em seu dia a dia, Miley usava bastante shorts jeans, botas e camisetas de banda. Um estilo entre o rock e o boho e que fez parte do clipe da música 'Party in the USA'. As músicas com letras traziam letras que falavam sobre liberdade, e o seu estilo também refletiu essa mudança. Marcando ainda mais o distanciamento da “menininha de Hannah Montana”.

 

No fim de 2012, a cantora deu adeus aos longos cabelos castanhos e deu espaço aos fios loiro e curtos. Em seguida, lançou o álbum Bangerz, o começo de outra era com muita polêmica. Trazendo um estilo mais glamouroso e menos “casual”, com saltos e jóias como correntes douradas para acrescentar no look. Cores como branco e neon foram seus companheiros durante esse período. Em eventos como o MTV Video Music Awards, a cantora abusava de bodys cavados com cinto, meia calça e outras peças para complementar o look. 

 

Em 2017, lançou o seu álbum 'Younger Now' com a pegada mais country. Depois de anos com o cabelo curto, deixou crescer na altura dos ombros. As roupas passaram novamente para o estilo casual country, com shorts jeans e camisetas. A diferença é que nessa época, a Miley usou e abusou das cores, conjuntos rosa e laranja, estampas, franja e brilho. Peças como cintos, franjas, chapéus com influência da tia Dolly Parton. 

 

Já na era do lançamento de 'She Is…', em 2019, EP que seria a primeira de três partes de um álbum, seus companheiros foram calças de couro, tons escuros e joias pesadas. O corte de cabelo passou do médio com franja para o mullet, famoso entre os artistas de rock.

 

Em seu último álbum, Plastic Hearts, lançado em novembro deste ano, a cantora promete um pouco mais de rock, tanto nas músicas, estilo do álbum e nas roupas de clipes, quanto no dia a dia. 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »