09/04/2021 às 13h33min - Atualizada em 09/04/2021 às 13h15min

Material produzido a partir de planta surge como alternativa sustentável ao couro animal

Rogeslane Santos - Editado por Manoel Paulo
Na imagem, Alex Moreno em plantação de fiques. Fonte: Twitter Fentex

Na Colômbia, Alex e Gabriel Moreno, pai e filho, após cinco anos de pesquisa, estão desenvolvendo uma espécie de “couro” vegano a partir de folhas de uma planta local, a fique (Fucraea Andina). O material surge como uma alternativa ao couro animal e possui diversos benefícios por ser sustentável, biodegradável e renovável.
 

Gabriel Moreno, estudante de pós-graduação na Universidade de Oxford, e seu pai, Alex, fundaram a empresa Fiquetex, apelidaram o produto de fique couro vegano e o patentiaram.

Segundo a empresa, o processo de produção do material não necessita de grande quantidade de água e requer apenas 10% da energia usada na síntese de materiais sintéticos. Ainda de acordo com a marca, a degradação do tecido no solo é de aproximadamente 100 dias.

Recentemente, a ideia foi premiada no concurso “All-Innovate” da Universidade de Oxford, na categoria de pós-graduação. Há projeções de comercialização do produto a partir de julho para usos têxteis.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »