31/10/2021 às 21h19min - Atualizada em 31/10/2021 às 20h35min

Fóssil de Triceratops é leiloado por valor recorde

O esqueleto foi adquirido do por US$ 7,7 milhões em leilão realizado em Paris

Carlos Germano - Editado por Manoel Paulo
“Big John” é o mais completo esqueleto de um triceratops já descoberto © Wikimedia Commons
O maior triceratops conhecido, com 8 metros de comprimento e 66 milhões de anos, foi leiloado em Paris, no dia 21 de outubro, por 7,7 milhões de dólares, aproximadamente R$ 43,5 milhões na cotação atual. Apelidado de Big John, o fóssil saiu para um comprador americano, com nome ainda não revelado. No total, 13 pessoas deram lances pela ossada.

O esqueleto foi encontrado em 2014, na Dakota do Sul, nos Estados Unidos, pelo geólogo Walter W. Stein Bill. O conjunto está 60% completo (75% para a cabeça) – esses números são considerados “excessivamente altos” por especialistas, uma vez que ossadas tão completas são uma raridade. A restauração do fóssil aconteceu na Itália.

 
O valor pago em Big John é muito superior ao preço inicial estabelecido pela casa de leilões francesa Drouot, de US$ 1,1 milhão. Apesar disso, está longe do recorde alcançado por um esqueleto fóssil de dinossauro. Em outubro de 2020, na cidade de Nova York, um Tiranossauro rex foi adquirido por US$ 31,8 milhões de dólares.

A venda ocorreu no momento em que a compra de esqueletos de dinossauros continua em alta. Para museus e centros de pesquisa os preços são bastante elevados, o que muitas vezes impossibilita de conseguirem comprar os fósseis.

Além disso, a venda de Big John não vem agradando a comunidade de paleontólogos, que acreditam que fósseis devem permanecer sob controle da ciência e não serem tratados como um produto privado.

"Mesmo se tornados acessíveis aos cientistas, as informações contidas em espécies de propriedade privada e o acesso futuro pode não ser garantido e, portanto, a verificação das afirmações científicas não pode ser realizada", disse a Sociedade de Paleontologia de Vertebrados em setembro do ano passado.

 

O triceratops foi um dinossauro herbívoro e quadrúpede, que vivia na Laramidia, uma ilha-continente extinta que se estendia do atual Alasca até o México. Big John foi batizado com esse nome em homenagem ao proprietário da terra onde os ossos do dinossauro foram encontrados. Conforme os cientistas, ele morreu em uma zona inundável, ficando enterrado na lama, o que justifica o seu nível de conservação.

*Com informações do Canaltech, G1, Hypeness, Metrópoles, Olhar Digital, Yahoo Notícias
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »