04/07/2019 às 17h14min - Atualizada em 04/07/2019 às 17h14min

Conheça os esportes em que o Brasil é favorito nos Jogos Pan-Americanos

Atletas brasileiros do ciclismo, rugby e vôlei chegam como protagonistas na disputa pelo ouro

Luiz Eduardo - Editado por Amanda Cruz
Foto: Instagram/Secretaria Especial do Esporte/Divulgação
Os Jogos Pan-Americanos 2019, que acontecem entre os dias 26 de julho e 11 de agosto em Lima, no Peru prometem desempenhar um papel interessante para a delegação brasileira. O Brasil, chega como favorito na disputa pela medalha de ouro em modalidades tradicionais e estreantes, com a presença de atletas consagrados e jovens promessas que pretendem fazer bonito na competição. Confira os esportes em que os brasileiros podem atingir o topo do pódio.

Ciclismo Mountain Bike
Com 30 anos, Henrique Avancini representará o Brasil no Ciclismo MTB (Mountain Bike), tendo como objetivo a medalha de ouro. O favoritismo se salta a vista. Avancini é o terceiro colocado no ranking mundial da modalidade, conquistou a Copa do Mundo da categoria na Itália, no ano passado e há também uma superioridade em relação aos concorrentes das Américas, colocando o atleta em posição destaque.
  
Rugby Sevens Feminino
As Yaras são as favoritas do Rugby Sevens  no Pan em Lima. As brasileiras conquistaram os últimos 16 Sul-Americanos, inclusive o desse ano. Em 2019, a seleção também faturou o Hong Kong Sevens Feminino, garantindo o retorno à Série Mundial de Sevens Feminina para a temporada 2019-2020. Além de tudo, as meninas do rugby já estão classificadas para os Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem.


Rugby sevens feminino foto: reprodução/instagram

Rugby sevens feminino foto: reprodução/instagram


 Seleção brasileira de rugby. Foto: divulgação

Canoagem Velocidade
A Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, mostrou a força que a canoagem brasileira possui. Isaquias Queiroz e Erlon de Souza, antes desconhecidos, se tornaram exemplos da capacidade do Brasil no esporte. A dupla, faturou a medalha de prata no C2 1000m, no Rio 2016 e, em Lima 2019, a expectativa é de conquistar o ouro. Os atletas possuem bons retrospectos, como conquistas em mundiais da categoria e Jogos Pan-Americanos - com destaque para dois ouros conquistados por Isaquias em categorias individuais.
 
Vôlei
Seja em mundiais, Liga das Nações, Olimpíadas e Pan-Americanos, o Brasil demonstra força na modalidade. O masculino é uma das seleções favoritas, embora não leve o time principal. Já as mulheres prometem vir com força máxima, uma vez que o calendário autoriza a participação dos nomes mais fortes do vôlei feminino sem prejudicar o desempenho em outros torneios.


Revezamento 4x100 
Rodrigo Nascimento, Paulo André de Oliveira, Jorge Henrique Vides e Derick Souza formam o quarteto que estará em Lima para disputar o revezamento 4x100. Recentemente, a equipe conquistou o ouro no Mundial em Yokohama, no Japão, o que faz com que eles cheguem como favoritos na busca pelo título.


revezamento 4x100 foto: reprodução/ instagram

revezamento 4x100 foto: reprodução/ instagram


Revezamento brasileiro. Foto: divulgação

Handebol 
O Brasil é uma potência do handebol das Américas no masculino e no feminino. Nos dois naipes, houve a conquista do Sul-Americano de Cochabamba, na Bolívia. Em Pan-Americanos, os homens são tricampeões, vencendo, inclusive em Toronto 2015. Já as mulheres, venceram as últimas cinco edições e virão com força total rumo ao hexa.

Vôlei de Praia 
O Brasil é o país com mais medalhas em Jogos Pan-Americanos. Ao todo, são cinco ouros, três pratas e três bronzes, juntando as conquistas dos homens e das mulheres. As duplas Carolina Horta/Ângela e Oscar/Thiago representarão o país nos jogos da modalidade que será realizado entre os dias 25 e 30 de julho.


volei de praia

volei de praia

Vôlei de praia feminino. Foto: divulgação
Badminton 
O Brasil chega forte para disputar o primeiro lugar na modalidade graças a uma das sensações do esporte: Ygor Coelho. Aos 22 anos, possui o título de campeão Pan-Americano de 2017 e, é o jogador brasileiro mais bem colocado no ranking mundial. Além dele, também foram convocados: Artur Silva de Pomoceno, Fabiana Silva, Fabrício Farias, Francielton Farias, Jaqueline Lopes Lima, Sâmia Lima e Tamires dos Santos.

Triatlo
Em sua primeira participação no PanManoel Messias é um dos favoritos a conquistar o ouro na modalidade. Com 22 anos, o triatleta conseguiu a terceira colocação na etapa de Huatulco, no México, da Copa do Mundo de triatlo em junho. Além de ser também, o melhor sul-americano no ranking mundial.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »