15/04/2020 às 11h11min - Atualizada em 15/04/2020 às 11h11min

Lugano pretende convencer Cavani a atuar pelo São Paulo

Essa não é a primeira vez que o tricolor busca uma contratação “impossível”; veja lista dos contratados de forma surpreendente

Brendo Romano - Editado por Paulo Octávio
Cavani pode estar de saída do PSG. Foto: AFP
O São Paulo aposta em Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do clube, como trunfo caso decida abrir negociação com Edinson Cavani, do PSG. O atleta de 33 anos tem contrato somente até 30 de junho com os parisienses e pode assinar um pré-contrato com outra equipe após essa data. Entretanto, o presidente do Tricolor Paulista, Carlos Augusto de Barros e Silva, disse que não houve contato com clube francês e descartou possibilidade da contratação do astro uruguaio devido à grave crise financeira do clube. “Ninguém dentro do clube conversou sobre isso. O Lugano falou porque ele é uruguaio e amigo do Cavani. Mas não há nenhuma ação neste sentido”, disse em entrevista para o Globo Esporte. Listamos os cinco jogadores que pareciam “impossíveis” de se contratar, mas que o São Paulo conseguiu trazer para seu plantel. Veja a lista:

DANIEL ALVES

No final da temporada 2018/2019, o lateral-direito era um dos jogadores mais disputados da Europa quando  encerrou seu contrato com o PSG.  O astro tinha propostas de outras grandes equipes do continente mais poderoso do futebol. Mas, Dani Alves optou pelo projeto do São Paulo, que lhe ofereceu um contrato até 2022. Os motivos que atrairam Alves foram que ele é torcedor do Tricolor e jogando no Brasil, ele pode atrair olhares da comissão técnica da seleção para disputar a Copa do Mundo no Catar.

KAKÁ

Em 2014, Kaká estava de saída do Milan para jogar no futebol dos Estados Unidos pelo Orlando City. Porém havia um problema: a liga americana começaria em março de 2015 e ele não teria onde jogar até lá. Pensando nisso e no passado do atleta pelo clube -- o brasiliense começou sua carreira no time do Morumbi e foi campeão do Torneio Rio-São Paulo de 2001 --  a agremiação paulista ofereceu um contrato de empréstimo por seis meses e fechou com o meia. Sua chegada foi importante na disputa do Brasileirão, em que  o Tricolor ficou com o vice-campeonato. Após o torneio, Kaká se apresentou ao Orlando City e se aposentou dois anos depois.

PAULO HENRIQUE GANSO

Revelado pelo Santos, Ganso era uma das grandes promessas do futebol no começo da década.  Entretanto, as recorrentes lesões e atritos com a diretoria do Peixe contribuiram para sua saída do clube. Com isso, o São Paulo abriu negociações com o Alvinegro Praiano e desembolsou R$ 24 milhões para contratá-lo. Pelo clube, o atleta teve alguns lampejos do bom futebol e conquistou a Copa Sul-Americana de 2012.

ADRIANO

Em 2007, o Imperador já havia perdido espaço na Inter de Milão -- na época comandada por Roberto Mancini --  por problemas de comportamento. Machucado, Adriano recebeu autorização para fazer tratamento no centro de reabilitação do São Paulo, que era uma referência na época. O clube paulista então propôs um empréstimo de seis meses para o jogador, e os italianos toparam. Pelo clube, Adriano disputou 28 jogos e fez 17 gols, mas não tirou o Tricolor do jejum de títulos.

RICARDINHO 

Um dos ídolos do Corinthians e campeão da Copa do Mundo de 2002 pela Seleção, Ricardinho chegou para fazer dupla com Kaká. Na época, o Tricolor pagou R$ 5 milhões para tirar a estrela do arquirrival. Porém, um ano depois o atleta deixou o clube do Morumbi e transferiu-se para o Santos. Pelo Peixe sagrou-se campeão Brasileiro em 2004.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »