08/08/2020 às 20h24min - Atualizada em 08/08/2020 às 20h23min

Em derby emocionante, Palmeiras vence Corinthians nos pênaltis e é campeão paulista

Depois de 12 anos de espera, o Verdão volta a ser campeão estadual

Gabrielly de Souza - labdicasjornalismo.com
Palmeiras bate Corinthians nos pênaltis. Reprodução: César Greco
Palmeiras e Corinthians se enfrentaram mais uma vez na final do Campeonato Paulista. Em mais um derby emocionante, com direito a gol no último minuto, o Verdão abriu o placar com Luiz Adriano e levou o empate nos acréscimos após pênalti de Gustavo Gomez em Jô, que converteu. Após o empate, o jogo foi para as penalidades, e foi decidido na última cobrança quando Patrick de Paula colocou a bola nas redes e sagrou o Palmeiras como campeão paulista de 2020.

É o 23º título do Verdão, que fica a frente de Santos (22) e São Paulo (21); o Corinthians lidera com 30. O técnico do Palmeiras, Luxemburgo conquistou seu 9º título paulista como treinador.

O time do Palmeiras não venceu nenhum clássico no campeonato. Em 1989, o
 São Paulo foi o último campeão paulista que não ganhou de seus maiores rivais no torneio. Em 2002 os quarteto do estado não participou. E em 1990, 2004 e 2014, o Bragantino, São Caetano e Ituano venceram  ao menos um dos times grandes durante o torneio. Neste ano na primeira fase, o Verdão empatou com Santos e São Paulo sem gols e perdeu do Corinthians; na final empatou com Timão nos dois jogos.

1º TEMPO

O Corinthians começou a partida chegando ao campo de ataque com uma tabela entre Mateus Vital e Ederson; Marcos Rocha impediu que a dupla avançasse. Já aos 6’ o Palmeiras encontrou um espaço na defesa, quando Luiz Adriano achou Zé Rafael. O meia cruzou para Willian Bigode, que bateu forte, mas o goleiro corinthiano estava lá para realizar a defesa. Aos 9’ em cruzamento de escanteio, cabeceia firme, mas a bola vai pela linha de fundo. Aos 27’, Zé Rafael erra o passe e perde a bola, Luan chega pelo meio campo e encontra . O atacante marca, mas sua posição era de impedimento. Após o lance, Felipe Melo cobra o volante Patrick de Paula pelo lance do gol irregular de .

2º TEMPO

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com duas mudanças: Bruno Henrique e Rony nos lugares de Ramires e Gabriel Menino. E já aos 3 minutos o Verdão abriu o placar. Ederson errou o passe no meio campo, Willian lançou para Luiz Adriano. O atacante voltou a bola para Bigode. Vinã recebeu pela esquerda e cruzou para Luiz Adriano, Danilo Avelar numa tentativa de deslocar Luiz Adriano abaixou, e deixou o atacante livre para cabecear no canto do gol de Cássio. Após o gol palmeirense, o time do Corinthians se perdeu na partida; resultado das boas substituições de Luxemburgo. Muitos erros de passe deram liberdade para que o Palmeiras chegasse com firmeza.

Ciente da dificuldade, Tiago Nunes substitui Gabriel e Ramiro por Cantillo e Araos. Palmeiras mudou de postura e passou a esperar que o Corinthians proposse o jogo. O Timão chegou bem aos 38’, Luan recebeu de Michel Macedo e bateu de primeira, a bola respingou na zaga e voltou para Avelar. Aos 46’ até o goleiro Cássio foi para a área tentar um cabeceio. O juiz deu cinco minutos de acréscimos, e foi no último segundo que Jô dominou na área, puxou para a esquerda e recebeu um carrinho de Gustavo Gomez. O juiz marcou pênalti para o Timão. O próprio pôs a bola na cal e empatou para o Alvinegro. Com o empate por 0 x 0 no jogo de ida e o empate por 1 x 1 na volta, a partida foi para as penalidades.

PÊNALTIS

Michel Macedo
começou perdendo, na sequência Bruno Henrique parou Cássio. Danilo Avelar abriu o marcador para o Corinthians, Raphael Veiga descontou para o Verdão. Gustavo Scarpa e Sidcley converteram. Lucas Lima e converteram também. E veio dos pés de Patrick de Paula a bola que sagrou o Verdão campeão. Palmeiras 4 x 3 Corinthians foi o placar final das penalidades.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS

Os clubes que chegaram às finais dos campeonatos estaduais tiveram os jogos da primeira rodada do Campeonato Brasileiro adiados. O Corinthians estreará então na quarta-feira (12) contra o Atlético Mineiro, às 19h15 (horário de Brasília), no Mineirão. O Palmeiras também irá a campo na quarta-feira (12) contra o Fluminense, às 21h30
(horário de Brasília), no Maracanã.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »