30/10/2020 às 20h18min - Atualizada em 30/10/2020 às 19h41min

Desafios da Gravidez na Quarentena

Gestantes relatam sobre os desafios e medos enfrentados durante esse período.

Sarah Lydia - labdicasjornalismo.com
https://pebmed.com.br/covid-19-na-gravidez-caracteristicas-de-gestantes-com-infeccao-confirmada/
Imagem de Free-Photos por Pixabay
A gravidez é um momento esperado por muitas mulheres, as semanas vividas pelas gestantes guardam sentimentos de felicidade, esperança, incertezas e muita ansiedade. Porém, essa situação intensificou-se no ano de 2020. A declaração de pandemia feita pela OMS (Organização Mundial de Saúde) mobilizou o mundo e fez grandes mudanças. O decreto de isolamento social, assim como o cuidado com pessoas do grupo de risco, trouxe uma nova realidade para as gestantes.

Um estudo realizado por um dos principais jornais do Reino Unido The British Medical Journal (BMJ), relacionou a contaminação do vírus em gestantes à uma probabilidade maior de partos prematuros ou complicações na gestação "Mulheres grávidas ou que estiveram grávidas recentemente com Covid-19 parecem ter maior risco de precisarem de internação na UTI ou de ventilação invasiva." Concluem os pesquisadores.

Para Taynara de França, 18 anos, autônoma, a gravidez em meio a quarentena trouxe consigo a preocupação em contrair o vírus e afetar a saúde do bebê, por fazer parte do grupo de risco resolveu tomar medidas para se prevenir “Eu comecei a ficar totalmente em casa, não sair pra nada, só para fazer os exames” Relata. Sobre os exames, ela conta que realizou todos de forma presencial, mas algumas medidas foram adotadas pela clínica em que realizou. “Nos exames não podia entrar com acompanhante, para evitar excesso de pessoas na sala.”

Dentre as mudanças que ocorreram, houve também influência na compra do enxoval. Taynara fez algumas compras pela internet e outras de forma presencial, que encontrou dificuldade. “Confesso que foi difícil por ter filas para entrar nas lojas.” Disse.

A gravidez repentina trouxe consigo a mudança de planos. Muitas mulheres precisaram refazer sua rotina. Foi o que aconteceu com Raissa Timaster, dona de casa de 28 anos, que precisou enfrentar também desafios financeiros por conta da quarentena. “Minha maior dificuldade foi pelo impacto financeiro, como a nossa loja fechou e nós estávamos nos dedicando a reabrir, precisaríamos juntos correr atrás.” Relata.

Sobre as ações adotadas para prevenção, afirma fazer uso de máscara e álcool em gel, cuidando do que está ao seu alcance.
As consultas de Raissa foram todas presenciais de forma regular. A mudança que percebeu foram as medidas que adotaram para evitar aglomeração no posto de atendimento. “A única coisa que eu não tive foram as palestras que eles fazem mas não está tendo.” Comenta. Mesmo em meio as dificuldades, fala sobre sua felicidade. “Meu coração só tem alegria em estar gerando uma vida!” Declara.

Uma das maiores dificuldade em estar grávida durante a quarentena foi o medo de contrair a doença. Para passar por esse momento, contaram com a ajuda de pessoas queridas e na esperança que tudo irá melhorar.
 
“Com a fé de que ia ficar tudo bem. Trabalhando com isso e me distraindo com outras coisas.”
Taynara França
“Depositando minha ansiedade em Deus, sabendo que tenho um esposo, uma família e sou rodeada de amigos”
Raissa Timaster
 
Segundo a Generalista Flávia, que trabalha com saúde da família e tem uma vasta experiência na área, os exames de pré-natal estão sendo feitos normalmente apenas com alguns cuidados. “Observar sintomas respiratórios, uma mudança que houve pelo Ministério da Saúde foi medir sempre a saturação em toda consulta pré-natal das gestantes.” Ressalta. Enfatiza as medidas de prevenção que as gestantes devem ter durante esse período, que devem ser as adotadas de modo geral como, distanciamento social, evitar contato com pessoas que provavelmente tenham sintomas do COVID, uso de álcool em gel e alimentação com objetivo de desenvolver a imunidade, sempre higienizar as mãos e evitar aglomeração.

Comenta sobre a importância do auxílio da família neste momento. “É fundamental, o esposo compartilhar os momentos de dúvidas, temores.” Complementa. “O apoio da mãe, do pai, da família, ajuda muito pra que ela possa compartilhar, as dúvidas, os temores.” Conclui.

Deixa uma orientação para as gestantes “Fazer o que gosta, se dedicar a atividades que causam bem-estar e tentar se informar a respeito de coisas que goste.” E complementa, “Apesar do isolamento, tentar distrair a mente, sair para as atividades que precisa, como supermercado, fazer compras, caminhada na rua, respeitando o distanciamento sempre, higienizando as mãos e não deixar de sair de casa de forma radical.”

De acordo com a Ginecologista e Obstetra Nathália Vianna, as consultas de pré-natal são muito importantes para a saúde da mãe e do bebê, assim como a frequência nas avaliações indicadas pelo médico da gestante, contudo, faz algumas recomendações em relação a consulta. “A gestante deve avaliar os cuidados que o local de atendimento está tendo em relação a prevenção de contaminação. Evite chegar muito antes do horário de atendimento ou com atraso para evitar contato com outros pacientes, use máscara e lave constantemente as mãos.” .

O período em que as grávidas precisam ter mais cuidado com a contaminação não é algo comprovado por estudos, por isso é essencial todo cuidado “O Ministério da Saúde colocou as grávidas como grupo de risco para Covid-19, porém ainda sabemos pouco sobre o impacto que a doença tem sobre mãe e bebê. Portanto, o cuidado deve ser o mesmo durante toda a gestação.” Salienta a Ginecologista Nathália Vianna. Deixa ainda um conselho para as mulheres que estão passando por esse momento “Cuidem de sua saúde, mantenham hábitos saudáveis, isso é importante para a manutenção da imunidade e para reduzir as chances de doenças.” Ressalta.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »