19/02/2021 às 00h16min - Atualizada em 19/02/2021 às 23h15min

Duas máscaras diferentes reduzem o contágio da covid-19

Paulo Marques Pinto - Edição: Manoel Paulo
Freepik
Sabemos que a máscara é um acessório que ajuda a prevenir a covid-19. Então, é possível usar duas máscaras de modelos diferentes? A resposta é sim.

A combinação de máscara caseira e máscara cirúrgica, quando bem ajustadas, reduz a transmissão de aerossol e gotículas em mais de 95%, de acordo com a diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC/UEA), Rochelle Walensky.

A máscara cirúrgica dá um ajuste maior ao rosto e diminui as brechas da primeira camada. A de tecido é confortável para a respiração, pois contém materiais que filtram melhor o ar. Além disso, ela pode ser guardada em um bolso para materiais com filtros, semelhantes aos que existem nos aspiradores de pó.

Em janeiro, a revista Med publicou uma pesquisa com dois funcionários de salão de beleza do estado de Missouri (EUA). Infectados com o vírus, eles se expuseram a 139 clientes, todos com máscaras e alguns que testaram positivo. Ninguém apresentou sintomas, e 67 pessoas testaram negativo para a doença.

Para aproveitar a eficácia de duas máscaras, você pode dar um nó nas alças prender a camada externa do tecido. Porém, não é adequado usar duas máscaras cirúrgicas ou combinar uma de modelo N95 com outra. Esta última é de uso exclusivo para profissionais de saúde, principalmente os que atuam no combate à covid-19.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »