08/04/2021 às 19h23min - Atualizada em 08/04/2021 às 18h51min

Robô criado no Egito é usado para auxiliar médicos no combate à pandemia

Cira-03 consegue fazer testes de PCR, medir temperatura, raio-X, ecocardiogramas e promover distanciamento social e uso de máscara

Isabela Mello - Editado por Celine Almeida
Imagem: afp.com/Khaled DESOUK
A epidemia do Covid-19 vem afetando todo o mundo há um pouco mais de um ano. No Egito, um engenheiro mecatrônico criou um robô para auxiliar os profissionais da saúde no combate à doença. Cira-03 foi criado em 2020 por Mahmoud El-Komy, 27, quando o Egito enfrentava a segunda onda da pandemia.

Com o intuito de diminuir a exposição dos médicos ao vírus, levando-se em consideração que ele é altamente transmissível por não depender necessariamente do contato direto com uma pessoa infectada, sendo o contágio possível através do ar ou objetos contaminados, o robô foi desenvolvido com várias habilidades. O Cira-03 é operado por um controle remoto e consegue realizar testes de PCR, medir temperatura, fazer exames de raio-X, ecocardiogramas, analisar por reconhecimento facial quantas pessoas estão em sua área de visão e se estão mantendo um distanciamento social necessário, além de avisar sobre a utilização da máscara.

Como funciona o Cira 03 e suas versões anteriores

Em entrevista ao Xinhua, agência de notícias oficial do governo da China e maior agência do país, Mahmoud El-Komy contou que desenvolveu as três versões da Cira sozinho e pretende criar uma quarta. A segunda versão já havia sido utilizada no pico da pandemia, fazendo testes PCR nos pacientes e agora, na terceira versão, o engenheiro incluiu exames de ecocardiograma e raio-X. Além disso, adicionou um novo braço robótico e deixou as habilidades do robô mais precisas. Reduzindo o contato entre equipe médica e paciente em 90%, Cira-03 ainda possui dois monitores sendo um principal no tórax e um auxiliar embaixo, fazendo com que dessa forma os pacientes consigam visualizar o resultado de seus exames. Para fazer o exame PCR, o Cira-03 coloca um apoio no queixo do paciente, para dar suporte, e insere um cotonete até a garganta do indivíduo.

El-Komy também contou sobre o processo de testes: “Antes de iniciar sua missão, o robô recebe treinamento para aprimorar sua Inteligência Artificial. O treinamento é feito por um médico especialista, a IA neste treinamento atua como um médico humano. ”
 

Feedbacks dos testes

Cira-03 foi testada em um hospital privado em Tanta, Egito. O robô, por ter formato humano, com cabeça e rostos semelhantes ao de uma pessoa, não trouxe medo aos pacientes e, sim, até mais confiança por conta da precisão.
 

Tentei fazer o robô parecer mais humano, para que o paciente não tenha medo. Então eles não sentem que uma caixa está andando sobre eles. [...] Houve uma resposta positiva dos pacientes. Eles viram o robô e não tiveram medo. Pelo contrário, há mais confiança nisso porque o robô é mais preciso que os humanos", afirmou o jovem engenheiro.


Segundo o diretor do hospital onde Cira está sendo testado, Abu Bakr El-Mihi, o robô tem sido usado para medir a temperatura de qualquer suspeito de Covid-19.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »