09/11/2021 às 15h17min - Atualizada em 29/10/2021 às 14h16min

De estrela de reality show a ícone fashion: a evolução do estilo de Kim Kardashian

Relembre momentos importantes da fashionista

Ludimila Coelho - Editado por Larissa Barros
reprodução/instagram

Considerada uma das maiores criadoras de tendência da atualidade, a empresária Kim Kardashian teve uma grande evolução de estilo, desde as suas primeiras aparições ao lado da socialite Paris Hilton. De acordo com a consultora de moda e imagem Paula Loureiro, o casamento com o rapper Kanye West, em 2014, marcou o início da relação de Kim com a moda. Para a consultora, o casamento foi um total sucesso tanto financeiro quanto de popularidade para o novo casal. 

 

“Eu acredito que essa alavancada no mundo da moda foi por causa dele por ele ser muito bem quisto no mundo da moda, ele tem marca, sabe se vestir, enfim. Eu acho que o casamento deles trouxe a ela essa visibilidade e ascensão. Ela foi dando essa atenção para a moda. Ela foi se transformando ao longo desses anos todos”, explica Paula Loureiro.

 

Apesar de ser um nome tão grande no mundo da moda hoje, a socialite sofreu muito no início de sua carreira para conseguir designers que estivessem dispostos a trabalhar com ela. Além de ter um estilo muito básico, a empresária e sua família não eram bem vistas em Hollywood.

 

 

Ao longo dos anos, o sobrenome Kardashian foi ganhando cada vez mais espaço. Sua primeira colaboração com um grande estilista foi com Riccardo Tisci e desde então as marcas têm disputado para ver quem conseguiria vesti-la.  

 

Em 2017, a fashionista teve um grande impacto no streetstyle, sendo vista sempre com as roupas da marca Yeezy, de seu ex-marido, Kanye West. Além disso, ela foi uma das grandes responsáveis pela volta dos corsets, após começar a usá-lo em 2015.

 
 
 Um dos grandes momentos que marcaram o nome de Kim Kardashian foi a sua aparição no MET Gala 2019. Depois de 20 anos sem desenhar para sua marca, o estilista Thierry Mügler decidiu desenhar um vestido para a empresária. Kim conta que viajou diversas vezes para a casa dele em Miami para que pudessem se entender e juntar suas visões.

 


É impossível não lembrar o movimento que esse look causou nas redes sociais. Enquanto alguns amaram e elogiaram o vestido, outros criticaram e usaram ele para discutir sobre padrões de corpos inalcançáveis. O vestido demorou oito meses para ser produzido e impedia Kim de se sentar de forma confortável, mas é inegável que ele marcou um dos seus tapetes vermelhos de mais sucesso. 

 

Já em 2021, é possível afirmar que a socialite encontrou sua parceria mais polêmica. Ela e Kanye se juntaram a Demna Gvasalia, diretor de criação da grife Balenciaga. No início da collab, Kim apareceu com diferentes versões de um look preto dos pés à cabeça e marcando todo o seu corpo.

 

Para a consultora de imagem, a parceria entre o ex-casal e a Balenciaga seria uma estratégia para mostrar a força tanto da grife quanto das duas personalidades mais fortes do mundo pop americano. 
 

“É uma marca muito forte de streetwear e se juntou com duas personalidades muito fortes do mundo pop americano, tanto do pop, quanto do popular. Ela que foi uma rainha  de um dos maiores programas de entretenimento da televisão americana, ele um dos maiores rappers. Eu acredito que existe toda uma estratégia de marketing por trás, que mostra como a marca consegue conciliar a alta costura e o streetwear”, afirma Paula Loureiro.

 

Após toda a comoção causada por esse tapete vermelho, Kim seguiu usando roupas da marca com esse estilo de silhueta marcada. No entanto, agora foram adicionadas cores e tecidos diferentes que continuam fazendo muito sucesso com o público. Já é possível encontrar roupas inspiradas nessa coleção em algumas marcas de fast-fashion.

 

 


Fazendo uma análise geral da evolução do estilo de Kim é possível perceber que a influência e relevância dela continuam crescendo. Talvez isso se deva ao fato de ela sempre estar inovando e se arriscando fora da sua zona de conforto. Mesmo sendo um personagem polêmico de Hollywood, Kim não para de criar tendências. 

 

"Ela leva entretenimento e querendo ou não a moda é entretenimento. A Kim tem uma força muito grande de criar tendências e gerar produtos, tudo que ela usa vira objeto de desejo de todo mundo”, conclui a consultora. 

 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »