25/07/2019 às 12h55min - Atualizada em 25/07/2019 às 12h55min

No jogo de ida, Boca Juniors vence Athletico-PR na Arena da Baixada

Com gol de MacAllister, argentinos saem na frente no primeiro confronto das oitavas de final

Juan Pablo - Editado por Amanda Cruz
Getty Images
O Boca Juniors venceu o Athletico-PR pelo jogo válido de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América 2019, em partida realizada nesta quarta-feira (24), na Arena da Baixada. O time xeneizes saiu com vantagem, após ganhar por 1 a 0 com de MacAllister. O time da casa teve a chance de empatar no final da partida, com um pênalti revisado pelo VAR. Mas, Marco Ruben perdeu a chance de igualar o placar.

1°TEMPO

O início da partida começou elétrica. Aos dez minutos, o time argentino saiu em contra-ataque e Ábila, conduziu a bola até a entrada da área. O arqueiro Santos saiu e tentou ficar com ela, mas o toque para o seu lado deixou o goleiro fora da jogada e não conseguiu concluir a jogada. A resposta foi imediata do Furacão. Aos 11 minutos, Rony recebeu, saiu da marcação e chutou fora da área. A bola passou raspando no travessão do goleiro Andrada. A pressão continuou aos 14 minutos. Novamente Nikão chegou em velocidade, cruzou na área onde Marcos Ruben estava, porém a bola acabou sendo interceptada no último minuto pela zaga do Boca.

Aos 18 minutos, na cobrança de falta para os visitantes, a bola foi mandada rasteira com desvio dos jogadores argentinos, mas Santos segurou. O Furacão tentou abrir o placar. Aos 24 minutos, Bruno Guimarães foi lançado no meio-campo, avançou e chutou com força para o gol e a oportunidade passou muito perto. Em chance para os xeneizes, aos 31 minutos após a bobeada de Bruno Guimarães, Ábila se aproveitou e finalizou com perigo. Mas, Santos fez a defesa. Na sobra, o atacante acabou perdendo a bola e deixou escapar pela linha de fundo. Aos 41, o Athletico tentou com Nikão chutando colocado para o gol, e de novo a bola passou raspando a trave. A partida acabou empatada, com a primeira etapa equilibrada pelas duas equipes.

2°TEMPO

Na volta do intervalo aos 18 minutos, Jonathan recebeu a bola e cruzou na cabeça de Marcos Ruben, que tocou ela com força. A bola subiu com perigo e passou pelo gol. Aos 23, Rony chegou pela esquerda e viu Guimarães se aproximando. O passe foi para o volante, que chutou com força da área. Andrada fez a defesa com as pontas dos dedos, fazendo mudar a trajetória da bola. Aos 37, MacAlister aproveita a bola na entrada da área e o chute foi para o ângulo do goleiro Santos com desvio do marcador do Athletico-PR. Era 1 a 0 para os argentinos.

Aos 40 minutos, Nández chegou bem pela direita, entrou na área e cruzou para Hurtado. O jogador entrou na área que estava sem goleiro, mas furou a bola e desperdiçou do Boca ampliar. Já aos 47 e nos acréscimos, após revisão do VAR, Rony foi derrubado pelo goleiro Andrada e o juiz marcou a penalidade para o Furacão. Marco Ruben mandou na trave e no rebote, o Athletico tentou dominar, mas acabou perdendo a chance de empatar a partida. A disputa acabou com o Boca Juniors saindo na frente e com vantagem de poder empatar no jogo de volta. Caso os argentinos vençam, se classificam para as quartas de final. Por outro lado, os paranaenses precisam ganhar de 1 a 0 para levar para as penalidades e tentar continuar no torneio.

PRÓXIMOS CONFRONTOS
Athletico e Boca se reencontram na próxima quarta-feira (31), no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires na Argentina. Antes disso, o Furacão enfrenta o mandante Cruzeiro em Minas Gerais, neste sábado (27) pelo Brasileirão.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »