10/09/2019 às 22h09min - Atualizada em 10/09/2019 às 22h09min

Athleitco-PR e Internacional fazem a grande final da competição

O primeiro confronto, nesta quarta, será na Arena da Baixada, em Curitiba.

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP
Athletico-PR e Internacional fazem o jogo de ida da final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (11), na Arena da Baixada, as 21h30. O time de Tiago Nunes tenta levar uma boa vantagem contra os colorados para o jogo de volta no Beira-Rio, na semana que vem, e conquistar o título inédito na competição. Já os colorados, comandados por Odair Hellmann, buscam o seu segundo título no torneio.

ATHLETICO-PR 

O furacão terá oito desfalques para esta partida: o lateral-direito Jonathan ainda se recupera de uma lesão na coxa direita e é dúvida. O  zagueiro Pedro Henrique não pode jogar por já ter defendido o time do Corinthians em fases anteriores. Os laterais-esquerdo Adriano e Abner Vinícius e o meia Everton Felipe foram contratados após o termino do prazo de inscrições do torneio e são impedidos de atuar.  O zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho estão punidos por seis meses pelo caso de doping e só voltam em outubro. E o meia Bruno Nazário desfalcará o clube até o fim de outubro, pois passou por  uma cirurgia no joelho direito. Já Bruno Guimarães, Lucho González e Rony estão pendurados e não podem levar cartão amarelo. 
Athletico entrou na Copa do Brasil direto nas oitavas de final pois estava na Libertadores. A partir dessa fase eliminou o FortalezaFlamengo e  Grêmio antes de chegar na final. Será a segunda decisão do furacão, que busca título inédito nesta competição. Na primeira final que disputou, os paranaenses perderam para o  rubro-negro carioca em 2013. 

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Santos; Khellven (Madson), Lucas Halter (Robson Bambu), Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes

INTERNACIONAL 

Ao contrário do seu rival, o Colorado contará com todos os seus jogadores. Mas os atacantes Nico López e Rafael Sobis estão pendurados e não podem tomar cartão pois correm risco de ficarem de fora da finalissima em Porto Alegre, na semana que vem.  O Internacional também entrou direto nas oitavas de final. A partir daí eliminou Paysandu, Palmeiras e Cruzeiro.  Os gaúchos vão  para a sua terceira decisão e  buscam o bi. Anteriormente, o clube venceu a Copa do Brasil de 92 e perdeu para o Corinthians em 2009.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel (Zeca); Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, D'Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero.  Técnico: Odair Hellmann

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Athletico e Internacional já se enfrentaram 66 vezes: são 28 vitórias do colorado, 19 do furacão e 19 empates. Esta será a primeira vez que ambas equipes se enfrentam em uma final de Copa do Brasil.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »