20/03/2020 às 20h45min - Atualizada em 21/03/2020 às 12h20min

Coronavírus: Atividades para Distrair as Crianças na Quarentena

A pandemia do coronavírus pegou muita gente de surpresa. Nos últimos dias, alguns estados do Brasil tem seguido os exemplos de isolamento social de países que também estão passando pela crise como Itália, Espanha e Portugal.

Renata Rodrigues - Editado por Camilla Soares
Reprodução/ Pixabay.

Na semana passada, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, suspenderam as aulas da rede pública e privada pelo período de quinze dias. Esta semana, a suspensão estendeu-se a shopping centers, bares e restaurantes, além de intensificar a recomendação a população de evitar aglomerações e locais fechados. A intenção do Estado é diminuir a circulação de pessoas e dessa forma evitar a circulação do Covid-19.

Com o fechamento das escolas e o rápido avanço do vírus, muitas empresas liberaram seus funcionários seja de férias ou para trabalhar de casa, o que mexe completamente com a rotina do adulto e da criança. A pedagoga Gabriela Porcino aconselha aos pais e responsáveis sobre a importância de se manter hábitos educativos “para que eles não absorvam a tensão externa e para não perder os avanços relacionados a cognição, a parte motora e psicomotora. A continuidade desse processo é superimportante, até mesmo para que eles não voltem às suas atividades e o processo tenha que ser rebobinado de forma tão intensa”.

A pedagoga ainda ressalta que os aparelhos eletrônicos, muito utilizados como ferramentas de distração e entretenimento, não são a melhor opção nesse momento de maior convívio em casa. Para ela, as telas são muito informativas e podem fazer o efeito contrário deixando as crianças mais irritadas. “O isolamento social nos permite maior flexibilidade de horários e afazeres, por isso acredito que seja mais fácil nesse momento estar mais perto fisicamente e evitar as telas”.

A mudança brusca de rotina e o isolamento social podem causar certo incômodo nas crianças e distraí-los nesse período pode ser um desafio. Para isso, reunimos algumas das alternativas como cursos criativos, contação de histórias ao vivo, brincadeiras divertidas, entre outros para incluir no cronograma da família. Confira abaixo!

Contação de Histórias ao vivo: Alguns influenciadores que costumam fazer live de contação de histórias nas redes sociais e podem ajudar na programação: a Fafá (@fafaconta) conta histórias todos os dias em horários diferentes no instagram e no youtube; além da contação, a Carol Levy (@carollevy) também faz transmissão para dormir; outros perfis para seguir: Emília Nuñes (@maequele), Marina Bastos (@marinabastoshistorias), Camila Genaro (@camila.genaro).

Leitura: Além das lives, os pais e responsáveis também podem optar por ler para as crianças ou até incentivá-los a criar o hábito. Para isso, existem alguns sites como o Espaço de Leitura, uma parceria do Itaú Social que associa livros a jogos.

Cursos Criativos: A Faber Castell criou a campanha #EmCasaComFaberCastell e está liberando o acesso a todos os seus cursos de forma gratuita. De 20/04/2020 a 19/04/2020, adultos e crianças terão oportunidade de estimular a criatividade com aulas de desenho, lettering, narrativa, composição, desenvolvimento de personagens e entre outros. 

Brincadeiras Regionais: A Folha de São Paulo criou um acervo em forma de mapa com diversas atividades de crianças de todas as regiões do país. No Mapa do Brincar, é possível conhecer as brincadeiras por regiões ou pelo nome e suas respectivas variações. O site ainda conta com vídeos explicativos e a história de cada dinâmica.

Tutoriais Divertidos: A Estéfi Machado (@blog.estefi.machado) desenvolveu um manual com várias opções de atividades manuais e sustentáveis para fazer com as crianças. As ideias vão desde bonecos de papelão a spray anti monstros.

Educação: O portal Escola Kids, do UOL, reúne diversos conteúdos didáticos e curiosidades entre matérias, jogos, atividades e histórias para ampliar o conhecimento das crianças. É possível aprender desde quais países falam o idioma português até as diferenças de espécies de cobra.

Cultura: Outra atividade disponível é o passeio virtual em museus espalhados pelo mundo. Através do Google Arts & Culture, é possível conhecer alguns museus como o Palácio Nacional de Sintra, em Portugal e Museu da Frida Kahlo no México. A ferramenta ainda possibilita navegar por diferentes movimentos artísticos ou eventos históricos.

Alguns museus ainda possuem a visita digital através de seus próprios sites como o Pinacoteca di Bera, de Milão; Museu Arqueológico, da Grécia; Museu Britânico, de Londres; Museu do Prado, de Madrid; Louvre, da França.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »