28/01/2021 às 19h23min - Atualizada em 28/01/2021 às 19h17min

Em partida equilibrada, Liverpool é mais preciso e derrota Tottenham fora de casa

Com a vitória, os Reds interrompem uma sequência de cinco jogos sem vencer

Léo Abrantes - editado por Stefany Cardoso
Sadio Mané em lance para o terceiro gol do Liverpool (Foto: Divulgação/Twitter Liverpool FC)
Tottenham e Liverpool se enfrentaram na tarde desta quinta-feira (28), em jogo válido pela 20ª rodada da Premier League, em Londres, no Tottenham Hotspur Stadium. Os gols da partida foram marcados por Roberto Firmino, Trent Alexander-Arnold e Sadio Mané; do outro lado, Pierre-Emile Højbjerg marcou o gol do Tottenham. 
 
Com o resultado, o time de Liverpool alcança os 37 pontos e retorna ao G-4 do campeonato, aparecendo na 4ª colocação. Já a derrota sofrida fez com que a equipe de Londres mantivesse a 6ª colocação, com 33 pontos, e perdesse a oportunidade de estar no G-4.
 
PRIMEIRO TEMPO
 
A partida começou bastante aberta e sem nenhum domínio de qualquer lado. A equipe do Tottenham tinha como estratégia infiltrações em velocidade, que foi feito algumas vezes em pouco tempo. Em uma das tentativas, Harry Kane lançou Heung-MinSon, que saiu cara a cara com Alisson e bateu no canto esquerdo e balançou as redes, porém o próprio Son estava impedido no início da jogada. O gol foi anulado pelo VAR aos quatro minutos.
 
Chegando pela metade da etapa, a partida mostrou um Liverpool tentando atacar mais com a posse de bola, buscando passes em profundidade, uma tabelinha ou qualquer espaço para furar a forte marcação. Enquanto isso, os Spurs jogavam a base de contra-ataques velozes, mas também conseguia, por algumas vezes, se livrar da pressão alta dos Reds e ter campo para atacar. Uma partida equilibrada de times que jogam de maneira diferente.
 
Mesmo com cada time jogando com seu estilo, as maiores oportunidades e chances de gol eram a partir de transições ofensivas. Apesar do Liverpool reter mais a bola, muitas vezes o Tottenham também tinha a posse da bola, mas sempre com pouca criatividade, e o time de Liverpool aproveitava algum erro e retomava com a bola, saindo em transição e levando perigo ao gol de Lloris.
 
Bem no final da etapa, quando parecia que as equipes estavam esperando o apito final, Jordan Henderson fez um lançamento em profundidade para Mané, que cruzou rasteiro para Firmino empurrar para o gol. Aos 49 minutos, Liverpool vencia por 1x0.
 
 
SEGUNDO TEMPO
 
O início da segunda etapa ficou marcada por uma pressão bastante intensa por parte do Liverpool. Logo nos primeiros segundos, Mohamed Salah quase aumentou o marcador, porém, um minuto depois, após uma defesa de Lloris, Alexander-Arnold pegou o rebote e chutou forte, sem chances para o goleiro. Aos dois minutos, Liverpool aumentava o placar.
 
Quando a diferença de dois gols parecia acabar com o jogo, a resposta dos Spurs foi imediata. Depois de Steven Bergwijn carregar a bola pela lateral e atrair a defesa, ele tocou para um Højbjerg livre, perto da meia-lua, que deu uma pancada e fez um belo gol. Aos quatro minutos de jogo, o Tottenham diminuía a diferença.
 
Após o terceiro gol da partida, o jogo ganhou um equilíbrio ainda maior, pois a equipe do norte de Londres não buscava se defender tanto quanto antes, aproveitando o momento bom na partida. Entretanto, quando uma equipe se lança mais ao ataque, sobra mais espaço na defesa, e o Liverpool soube aproveitar para contra-atacar.
 
Depois de recuperar a posse, em um dos ataques do Tottenham, os Reds saíram em velocidade, e Mané encontrou Salah livre, que ajeitou e finalizou com força, para aumentar a vantagem ainda mais. Contudo, bem no início do contra-ataque, Firmino havia ajeitado a bola com o braço, e o arbitro não chegou a ver o lance, mas o VAR, sim. Gol anulado aos 12 minutos.
 
Com o bom momento do adversário pra trás, o Liverpool recuperou mais a posse de bola e voltou a chegar mais próximo do gol adversário. Em uma descida de Alexander-Arnold pela lateral, o mesmo cruzou para a grande área, mas saiu curto e pingou antes de chegar na cabeça de alguém, o que fez o jovem zagueiro Joe Rodon se atrapalhar e deixar a bola chegar em Mané, que não perdoou o erro. Aos 20 minutos, o Liverpool estava vencendo por 3x1.
 
Mesmo com um Tottenham tentando chegar ao ataque e levar perigo, a partida parecia encerrada, até porque os Reds diminuíram sua intensidade e substituíram jogadores importantes. E apesar do jogo menos pegado, a partida continuou interessante, muito por conta do equilíbrio que ainda permanecia. Depois de cinco minutos de acréscimos, o arbitro Martin Atkinson encerrou a partida.
 
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS
 
A equipe do Tottenham volta a jogar neste domingo (31), em mais uma rodada da Premier League, contra o Brighton, fora de casa, às 16:15 (Horário de Brasília). O Liverpool também joga no domingo, pelo campeonato inglês, contra o West Ham, às 13:30 (Horário de Brasília).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »