07/03/2021 às 22h34min - Atualizada em 07/03/2021 às 22h29min

United vence clássico de Manchester e acaba com a invencibilidade do rival

Diabos Vermelhos acabam com a sequência positiva de 21 jogos dos adversários, diminuem a distância para a liderança e permanecem na segunda colocação

Lucas Godois - editado por Wesley Bião
Bruno Fernandes comemorando seu gol no clássico de Manchester (Foto: Getty Images)

Na tarde deste domingo (7), Manchester City e Manchester United se enfrentaram em partida válida pela 27° rodada da Premier Legue. O confronto ocorreu no Etihad Stadium, casa dos Blues. O City perdeu a invencibilidade de 21 vitórias seguidas após a derrota por 2x0 contra o seu maior rival, porém continua sendo o primeiro colocado. Já o United diminui um pouco a larga diferença para o líder para 11 pontos e permanece na segunda posição, com um a mais que o Leicester, terceiro colocado.
 
PRIMEIRO TEMPO
 
Aos trinta segundos da primeira etapa, Martial, camisa nove dos Red Devils, corta para dentro, na grande área e é derrubado por Gabriel Jesus. O árbitro bem posicionado marca o pênalti instantaneamente. Bruno Fernandes bateu no canto esquerdo, Ederson chegou a tocar na bola, mas não foi o suficiente para evitar a abertura do placar. Após o gol, o United pressionou bastante, enquanto o City assimilava o começo de jogo desfavorável.
 
Depois dos minutos iniciais, o Citizens dominou todo o primeiro tempo, com 67% de posse de bola e 13 finalizações. Os Diabos Vermelhos se recuaram e tiveram apenas quatro arremates. A grande chance dos donos da casa no primeiro tempo foi aos 45 minutos. Kevin de Bruyne limpa bem o lance e acha Marhez livre, que chuta cruzado, levando muito perigo.
 
SEGUNDO TEMPO
 
O City entrou na segunda etapa querendo virar o jogo. Já aos dois minutos, Marhez encontra Gabriel Jesus que, de costas para o gol, ajeitou para Rodri bater firme no travessão. Entretanto, quem fez o gol foi o United. Aos quatro minutos, Luke Shaw disparou em contra-ataque, tabelou com Rashford e mandou rasteiro, no contra pé de Ederson, que nem se moveu.
 
Assim como no primeiro tempo, os Diabos Vermelho recuam após fazerem o gol. O Manchester City pressionou bastante, mas sem muita efetividade e  porém sofre com as escapadas de contra-ataque do seu adversário. A melhor chance foi  do United, aos 23. Após uma bola prensada que sobra na grande área, Martial ficou sozinho e mandou em cima do goleiro, perdendo uma grande oportunidade.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Manchester City entra em campo novamente na próxima quarta-feira (10), às 15h, no confronto em casa contra o Southampton, pela Premier Legue. Por outro lado, o Manchester United recebe o Milan, na quinta-feira (11), às 14h55, pelas oitavas de finais da Liga Europa.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »