12/02/2020 às 15h44min - Atualizada em 12/02/2020 às 15h44min

Pressionado, Corinthians tenta reverter desvantagem contra o Guaraní

Timão precisa fazer dois gols de diferença para avançar; paulistas acumulam sete eliminações nas ultimas edições

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
Técnico do Corinthians, Tiago Nunes. Foto: Marcos Ribolli/Globo Esporte
O carnaval nem chegou, e o Corinthians já vai encarar seu jogo mais importante do ano, até agora, na disputa por vaga na terceira fase da pré-Libertadores. Em Itaquera, na partida de hoje (12), às 21h30 (horário de Brasília), com o Guaraní-PAR, o Timão precisa vencer por dois gols de diferença -- se ganhar por 1 x 0 decisão vai para os pênaltis -- para evitar prejuízos esportivo e financeiro. Isso porque caso não passe pelos paraguaios, a equipe fica de fora da Libertadores e até da Sul-Americana, pois só os terceiros colocados da fase de grupos tem direito de participar do torneio continental. Além disso com a eliminação precoce o clube deixa de ganhar 27 milhões de reais com premiações, cota de TV e bilheteria.  O retrospecto negativo também é um grande adversário para o Alvinegro

Faz 20 anos que o time Alvinegro não consegue virar um jogo de mata-mata. A última vez foi na edição de 2000 quando os paulistas devolveram a derrota de 3 x 2 para o Rosário Central-ARG e passaram nas penalidades máximas
. Já ó time paraguaio, que venceu o primeiro jogo por 1 x 0, joga pelo empate para avançar.

CORINTHIANS

Após poupar os titulares no jogo de domingo com a Inter de Limeira, Tiago Nunes vai levar o que tem de melhor para o jogo de hoje. Porém a equipe tem  desfalques de Ramiro (estiramento muscular no joelho direito) e Danilo Avelar (lesão no púbis). Além de Yony González, Léo Santos, Ángelo Araos, Marllon, Davó e Carlos Augusto, que não  fora inscritos na Pré libertadores. A novidade é o Pedrinho, que volta para o time após a disputa do Pré-olimpico, na Colômbia.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton (Sidcley); Camacho e Cantillo; Pedrinho, Luan e Janderson (Everaldo); Boselli. Técnico: Tiago Nunes

GUARANÍ-PAR

O Time paraguaio venceu o Olímpia no último domingo por 4 a 2. O Guaraní também poupou titulares para esse jogo. Agora os paraguaios tem a chance de repetir 2015 quando eliminaram o Timão das oitavas de final com duas vitórias: 2 x 0, no Paraguai, e 1 x 0, em Itaquera 

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Servio; Guillermo Benítez, C.Báez, Romaña e Iván Ramírez; Morel, Cáceres, Ángel Benítez, Florentón e Edgar Benítez; Fernando Fernández. Técnico: Gustavo Costas

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Ambas equipes já se enfrentaram três vezes na história. E o Guarani tem 100% de aproveitamento com três vitórias, quatro gols marcados e nenhum sofrido.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »