31/07/2020 às 11h10min - Atualizada em 31/07/2020 às 11h08min

Santos sai na frente, mas toma virada da Ponte Preta e está eliminado do Paulistão

O time de Campinas enfrentará o Palmeiras na semifinal

Gabrielly de Souza - labdicasjornalismo.com
Jogadores da Ponte comemoram. Reprodução: Luiz Guilherme Martins / PontePress
Pela terceira vez nas últimas quatro partidas, o Santos saiu na frente no placar e sofreu a virada. O Peixe perdeu por 3 x 1 da Ponte Preta, na Vila Belmiro e foi eliminado nas quartas de finais do Campeonato Paulista. Em um jogo faltoso, com expulsão e cheio de falhas por parte do Peixe, a Macaca aproveitou e manteve a boa fase. De quase rebaixada foi à semifinalista e na próxima fase vai enfrentar o Palmeiras. Foi a 3º vitória em três jogos, o time tem 100% de aproveitamento depois da paralisação do Paulistão.

1º TEMPO

Já nos minutos iniciais a Ponte chegou com firmeza, após escanteio aos 3 minutos, Bruno Rodrigues acertou o travessão – o atacante tinha até o início da partida três gols de cabeça no campeonato. Em resposta, o Santos montou o contra ataque e foi pela primeira vez ao campo de ataque, porém sem efetividade. Aos 6’, Soteldo partiu pra cima, cruzou e Marinho de cabeça abriu o placar para o Peixe. Marinho fez falta dura em Lazaroni e levou cartão amarelo já aos 20’ da primeira etapa. Apodi tentou aos 21’, mas parou em Vladmir. Aos 25’ Sanchez cobrou a falta e Marinho chegou com perigo mais uma vez. O jogo foi por inteiro faltoso, ainda nos primeiros 33 minutos 16 faltas já haviam sido cometidas. Em mais uma cobrança de falta, Sanchez bate direto e para no goleiro. Após o gol, Santos continuou controlando o jogo, deixando a Ponte jogar, esperando pelo contra ataque. Aos 42’ Marinho que até então era o grande nome do ataque do Peixe e um dos melhores em campo, levou o braço ao rosto do adversário, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O alvinegro praiano termina o 1º tempo com 1 x 0 no marcador e com um jogador a menos. Foi o 4º jogo seguido que o Santos teve um jogador expulso.

2º TEMPO

A Ponte Preta voltou para o segundo tempo com duas modificações: saíram o atacante Safira e o meia Jefferson; para a entrada dos atacantes Moisés e Roger. Aos 4’, após escanteio ensaiado, Bruno Rodrigues aproveita pra marcar de cabeça e empatar o jogo para o time campineiro. Foi o 4º gol de cabeça do atacante no campeonato. Santos erra em permitir que a Ponte tenha a bola o tempo inteiro, e a resposta vem em seguida. Bruno Rodrigues driblou, chutou, Vladmir falhou e espalmou, Moisés no rebote bateu pro gol e virou pra Ponte Preta. Ao contrário do primeiro tempo, o Santos facilitou pra Ponte, e deixou que os visitantes tivessem calma na troca de passes. Jesualdo tenta reação com a entrada de Jean Mota e Jobson. Mas mesmo com as mudanças, a marcação do Santos não funciona. Ponte chega com facilidade e joga sem dificuldades. Aos 43’ João Paulo domina com a perna direita, corta Jobson, e bate colocado de fora da área, sem chances para o goleiro Vladmir. A Ponte Preta amplia e garante a classificação.

PRÓXIMOS CONFRONTOS
A classificada Ponte Preta enfrentará o Palmeiras pela semifinal, no Allianz Parque, no próximo domingo (02) ás 19h. O Santos só voltará a campo no domingo (09), quando estreia pelo Brasileirão contra o Bragantino, na Vila Belmiro ás 16h.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »