17/11/2020 às 01h29min - Atualizada em 17/11/2020 às 23h59min

Corinthians passa por cima do rival e avança para a final do Campeonato Brasileiro Feminino

Timão levou a melhor sobre o Palmeiras com o placar final de 3x0

Carolina Lipares - editado por Wesley Bião
Comemoração das meninas do Corinthians (Foto: Leonardo Sguacabia/Estadão Conteúdo)
Com os gols de PolianaIngryd e Diany, o Corinthians venceu o Palmeiras neste domingo (16), na Neo Química Arena, avançando para a final do Brasileirão Feminino. Seu próximo adversário será o Avaí/Kinderman que derrotou o São Paulo por 3x2. Essa foi a segunda vez em que os times disputam uma semifinal de competição oficial. A primeira foi pelo Campeonato Paulista de 2001, com vitória Palestrina pelo placar de 4x1.

PRIMEIRO TEMPO

Ambos os times entraram muito bem, mas o Corinthians pressionava cada vez mais o Palmeiras, que optou por mudar a forma de jogo mais ofensivo, comparado a última partida. No começo da primeira etapa, com um escanteio, o Timão teve chance com a Crivelari que desviou por cima do gol.

Minutos depois, Zanotti ganhou no espaço e chutou de fora da área, mas Vivi fez uma ótima defesa. Nos primeiros 15 minutos o Corinthians apertou a equipe de Ricardo Belli e quase abriu o placar com a cobrança de falta de Yasmin, que acabou acertando a trave. Aos 21 minutos, Andressinha bateu o escanteio e Poliana desviou com a cabeça, abrindo o placar para o time da casa.

O Palmeiras ainda teve uma chance de bola parada com Bianca que cruzou, mas a defesa afastou. Depois do gol, o Verdão deixou o jogo aberto com as meninas atacando mais, porem esbarrando na defesa impecável das donas da casa.

SEGUNDO TEMPO


Logo no início da segunda etapa o VAR foi acionado para um possível pênalti em Adriana, entretanto não houve a confirmação. O Verdão procurou mais o campo de ataque, pressionando as equipe fez algumas substituições para apertar a equipe Alvinegra. Aos 42 minutos, Juliete recebeu um ótimo cruzamento e colocou a bola na rede, porém o auxiliar marcou impedimento.

Na sequência, Ingryd aproveitou e cobrou um escanteio direto marcando o 12° gol olímpico da história do Coringão, sendo este o primeiro marcado por uma atleta do time feminino. Nos minutos finais, o Corinthians 
segurava ao máximo o jogo e faltando três minutos para o encerramento da partida, Diany recebeu um passe de Ingryd e com o desvio da marcação palmeirense, fez o gol da classificação.

Andressinha, eleita a Craque da partida, celebrou a vitória e a classificação na entrevista:

“Estou muito feliz com essa ideia de ter craque da partida, eu agradeço a todos que me escolheram, mas o Corinthins vem se destacando pelo bom coletivo. Isso prevaleceu hoje, esse prêmio não é so meu, é de todo elenco do Corinthians”.

“O Corinthans é um time que sempre brigou por títulos e esteve na parte de cima da tabela. É difícil se manter no topo. Sabíamos que tínhamos feito a melhor campanha, mas no mata-mata o jogo é outro. Sabíamos que os adversários viriam com tudo para ganhar da gente, mas trabalhamos muito durante a semana para conseguir essa vaga”. Completou.


Andressinha com o troféu de Craque da Partida (Foto: Divulgação/Bernardo Nascimento/Twitter BRFeminino)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »