12/01/2021 às 18h08min - Atualizada em 12/01/2021 às 17h54min

Santos recebe Boca Juniors para decidir quem fica com a vaga para a grande final da Libertadores

Peixe e Xeneizes não saíram do zero em Buenos Aires. Empate com gols dá vaga aos argentinos, vitória simples garante brasileiros no Maracanã

Bruno Gomes Moura - editado por Wesley Bião
Soteldo em Santos x Boca Juniors (Foto: Staff images /CONMEBOL)

Santos e Boca Juniors se enfrentam na noite desta quarta-feira (13) às 19h15 (horário de Brasília) na Vila Belmiro, em partida válida pelo jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores da América. O Peixe faz uma campanha surpreendente na competição e busca o tetra do torneio continental. Já os argentinos buscam o sétimo título. O árbitro da partida será o experiente Wilmar Roldan, da Colômbia. Esse duelo terá transmissão dos canais Fox Sports.

 

RESUMO DO PRIMEIRO JOGO

 

O primeiro jogo foi muito disputado, mas sem muitas chances claras de gol. O lance mais comentado da partida foi um pênalti não marcado em Marinho. O a partida terminou empatada em 0x0 e, com isso, qualquer empate com gols na Vila Belmiro classifica o Boca Juniors. Em caso de empate sem gols a decisão irá para os pênaltis. Quem vencer a partida vai para a grande final, que acontecerá no dia 30 de janeiro, no estádio do Maracanã.

 

SANTOS

 

O técnico Cuca faz um grande trabalho até aqui, já que para muitos era impensável o Santos estar na semifinal da Libertadores. Para a partida, o treinador não poderá contar com um de seus titulares, o goleiro John, que testou positivo para Covid-19. O lateral-direito Pará, em entrevista a Santos TV, falou um pouco sobre como deve ser a partida:

 

"A gente sabe da importância do confronto. Assim como o Madson falou, é o jogo da década. A gente tem tudo para entrar para a história do clube. Sabemos da dificuldade que é enfrentar o Boca Juniors. Apesar de jogarmos em casa, é sempre complicado jogar contra eles. Espero que possamos fazer uma grande partida na quarta-feira e coroarmos nossa classificação para a final".

 

Provável Escalação: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga.

 

BOCA JUNIORS

 

O técnico argentino Miguel Ángel Russo foi o último treinador a conquistar a Libertadores pelo clube, foi em 2007, contra a equipe do Grêmio. Miguel Ángel, terá todos os jogadores à disposição para a partida decisiva. O treinador argentino, em entrevista coletiva após o empate em 0x0 na última quarta-feira feira (6), em La Bombonera, comentou a partida e lamentou o resultado. 

 

“O jogo estava muito lento, não tivemos mudança de velocidade e isso nos custou, como pode nos custar a semifinal da Libertadores” 

 

Provável Escalação: Andrada; Jara, Lisandro López, Izquierdoz e Fabra; Campuzano (Capaldo), Diego González, Villa, Salvio; Carlos Tévez, Soldano.

 

RETROSPECTO

 

Santos e Boca Juniors já fizeram duas finais de Libertadores. Aliás, antes dessa semifinal, eles haviam se enfrentado apenas em finais na competição. O Santos venceu em 1963 e os argentinos em 2003. Ao todo na competição, são cinco jogos, com duas vitórias para cada lado e um empate. O Peixe marcou seis gols, enquanto os Xeneizes fizeram oito. O Boca Juniors tenta conquistar a sua sétima Libertadores e se tornar, ao lado do Independiente, seu compatriota, os maiores campeões da competição. Já o Santos busca seu quarto título para se tornar o maior campeão do torneio no Brasil.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »